Início » Celular » Apple: vender iPhone 12 sem adaptador é “o certo a se fazer”

Apple: vender iPhone 12 sem adaptador é “o certo a se fazer”

Vender iPhone 12, 11, XR e SE (2020) sem o carregador e fone de ouvido é a "coisa certa a se fazer", diz executiva da Apple

Bruno Gall De Blasi Por

A Apple se manifestou sobre a remoção do carregador e fone da caixa do iPhone 12. Segundo Kaiann Drance, vice-presidente de marketing de produto do iPhone, ao Good Morning America nesta quarta-feira (14), a decisão foi a “coisa certa a se fazer em termos de objetivos ambientais maiores e benefícios maiores ao meio ambiente”.

iPhone 12 (Imagem: Reprodução/Apple)

iPhone 12 (Imagem: Reprodução/Apple)

A entrevista foi dada ao programa da emissora norte-americana ABC News durante a apresentação dos detalhes do novo celular da Apple. Para Drance, retirar os acessórios da caixa do iPhone 12, iPhone 11, iPhone XR e iPhone SE (2020) foi “o tipo de coisa certa a se fazer”.

“Bem, já há tanto nos telefones. Há muitos motivos incríveis e achamos que é um bom preço por tudo isso”, afirmou ao Good Morning America. “Mas, pelos outros motivos que mencionei, as pessoas muitas vezes já têm tudo isso, e está guardado em suas casas. Talvez eles tenham vários desses”.

Apple remove fone e carregador da caixa de iPhone

A Apple não irá mais vender os celulares de 2019 e 2020 que se encontram no catálogo atual da companhia com os fones de ouvido e carregador na caixa, assim como ocorreu com o Apple Watch SE e Apple Watch Series 6. Para obtê-los, será preciso comprá-los separadamente.

Segundo a Apple, a medida chega para preservar o meio ambiente e reduzir a emissão do lixo eletrônico, pois seus clientes já possuem os acessórios em casa. O cabo Lightning para USB-C, por outro lado, ainda acompanhará os smartphones da marca norte-americana.

O novo cabo USB-C, no entanto, não serve em adaptadores de tomada antigos da companhia, com exceção de quem já teve o iPhone 11 Pro e 11 Pro Max. Além disso, a Apple aumentou os preços dos celulares e AirPods no Brasil, cujos valores agora começam em R$ 1.899 e vão até R$ 2.999.

O custo para consertar os smartphones da Apple no Brasil também subiu.

Sem fone de ouvido e carregador, caixa do iPhone 12 ficou menor (Imagem: Divulgação/Apple)

Sem fone de ouvido e carregador, caixa do iPhone 12 ficou menor (Imagem: Divulgação/Apple)

Apple lança iPhone 12 com 5G

Quatro celulares da Apple foram apresentados nesta terça-feira (13), durante o evento virtual “Hi, Speed”. Munidos de 5G, mudanças no visual e muitas cores, o quarteto é formado pelo iPhone 12, iPhone 12 Mini, iPhone 12 Pro e iPhone 12 Pro Max. Nos Estados Unidos, os preços começam em US$ 699 (cerca de R$ 3.910 em conversão direta).

Não há previsão de preço e data de lançamento do iPhone 12 no Brasil.

Com informações: Engadget e MacRumors

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
24 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@doorspaulo

Se só o carregador já tem esse (suposto) impacto gigantesco no meio ambiente, imagina reduzir os lançamentos a cada dois anos?

A Apple está preocupada com a natureza sim amiguinho.

Vinicius Andrade (@Toloko)

Se é certo, da desconto p#$&$!

Diego Nascimento (@Dieg0)

"Há muitos motivos incríveis e achamos que é um bom preço por tudo isso”

Ah, vsf! Qdo vão cansar desse papinho manjado que não engana ninguém?

Matheus Motta (@Matheus_Motta)

Lógica da Apple: tirar o carregador não tem problema, vender um pedaço de plástico pros carregadores antigos funcionarem nos novos Iphones também não!

² (@centauro)

Pode até ter sido certo tirar o adaptador de tomada e o fone.
Mas poderiam ter mandado um adaptador USB-C - USB-A pro pessoal que não tem ainda um adaptador de tomada USB-C.
Manda esse adaptador junto por um ou dois anos e depois tira também com o mesmo argumento.

Pra mim isso é uma bela oportunidade pra outras empresas tirarem sarro, da mesma forma que fizeram com o notch e a entrada P2.

Enfim, agora é esperar e ver.

Edit:
Acabei de ver no Engadget uma notícia dizendo que na França o iPhone 12 vem com fone de ouvido por causa de uma lei.
Olha só o Estado interferindo.

Leonardo Cezar (@Leonczm)

Não, não é. É pura safadeza, isso sim

Igor Lana de Melo (@igor_meloil)

A cara de pau é absurda ein, podiam ter batido no peito e falado “tiramos pra economizar mesmo, usem seus carregadores antigos (se servirem)”

A desculpa ambiental não cola, afinal, precisam fazer uma nova caixa de papel pra vender o carregador separadamente.

Pra mim isso é uma bela oportunidade pra outras empresas tirarem sarro, da mesma forma que fizeram com o notch e a entrada P2.

Vão tirar sarro em um, dois aparelhos e depois vão copiar, como todos fizeram com o notch (ainda q em outros formatos) e a entrada p2

Helliton Soares Mesquita (@Helliton_Soares_Mesq)

A Apple não cuida do meio ambiente. Vendem um cabo de qualidade ruim, porque é ambientalmente melhor. O problema é que o cabo é ruim, e as pessoas compram um pirata de melhor qualidade. Dai, acaba sendo dois cabos vendidos em um. O pior é que as pessoas compram o iPhone, então enquanto o consumidor for abobalhado tem que se ferrar mesmo com as idéias da Apple.

Alisson Santos (@alisson)

Daqui a pouco vão vender só a caixa vazia e condicionar a venda do aparelho a quem comprou a caixa.

² (@centauro)

Tem que fazer as contas, mas sem o carregador e o fone, a caixa do iPhone pode ser menor.
Sendo menor, eles podem enviar mais iPhones em um mesmo caminhão, o que significa menos viagens para levar o mesmo tanto de produtos.
Claro que tem que considerar o gasto com a caixa e o transporte do carregador e dos fones, e é ai que entra a necessidade das contas.

Pode ser que no fim a economia seja negativa pro ambiente, pode ser que não.

Que outras empresas vão copiar essa retirada eu não tenho dúvidas.
Mas elas podem fazer do jeito que eu acho certo (no caso não desconsiderar a "retrocompatibilidade) e ainda tirar com a cara da Apple. Ou seja, retira o adaptador mas manda um “nós retiramos mas você ainda poderá usar o adaptador que você já possui”.

Fábio Prates Rocha (@Fabio_Prates)

Sou contra a regulação de empresas por parte de governos, mas abusos contra o consumidor precisam ser defendidos de alguma forma, pois de grão em grão que galinha enche o papo ou você dá a mão e depois querem o braço. Me parece que a Europa está fazendo alguma coisa sobre os fones.

Lembram de fabricantes de biscoitos que resolveram reduzir a quantidade que vinham nas embalagens sem a contrapartida da redução do preço !

A questão central nessa da Apple retirar os fones, mas principalmente os carregadores, é que ela dita o mercado e o mercado irá certamente copiar a Apple para não ficar para trás nessa historinha de sustentabilidade para inglês ver.

Aí, se não houver nenhum freio de proteção do consumidor, os consumidores precisarão reagir.

Perguntas:

A Apple deve ter feito uma pesquisa sobre os carregadores antigos em poder dos consumidores antigos, mas e os novos que nunca tiveram um iPhone ? São consumidores carbono free ?

E os carregadores antigos que derem defeito ?

E os milhares de carregadores antigos com portas USB-A ? A Apple não pensou nos consumidores que não sabem que USB-A é diferente de USB-C e na caixa não virá nenhum adaptador de USB-A para USB-C ?

Prevejo chuva de processos contra a Apple. E precisa, só e principalmente por essa atitude mercenária

Tiago Jeronimo (@TiagoJL)

Tem que ser muito otário pra acreditar nesse papinho de meio ambiente.

@Banana_Phone

Fone faz sentido remover, eu devo ter uns 4 fones aqui em casa que nunca foram usados. Muita gente acaba nem usando o fone, como é o caso do meu pai, ou não usa pois tem um fone melhor que foi comprado, que é o meu caso.
Mas remover o carregador não faz sentido. Muitas pessoas vão acabar comprando carregadores de baixa qualidade, que vão durar menos e assim em vez da pessoa usar um carregador original da caixa, vai usar uns 3 piratas.

Igor Lana de Melo (@igor_meloil)

Até acho que a conta feche de forma positiva, mas ainda assim eu não acho que o motivo PRIMÁRIO para tirar carregador e fone seja o meio ambiente.

² (@centauro)

Primário não deve ser mesmo.
Claro que não é impossível que seja, mas é bem improvável.

Pelo menos a ação deles é condizente com o discurso.
Outro exemplo disso, de acordo com o relato do Engadget, as caixas do iPhone 12 também são mais finas.
Caixas mais finas significa menos material utilizado e menos impacto ambiental, mas também significa menos custo e mais lucro pra empresa.
Pode ser que a decisão tenha sido tomada primariamente pelo aumento do lucro, mas pelo menos é uma decisão que aumenta o lucro sem aumentar o impacto ambiental, mantendo a ação alinhada com o discurso.

Exibir mais comentários