Início » Aplicativos e Software » Google Chrome bloqueia notificações abusivas de sites

Google Chrome bloqueia notificações abusivas de sites

Chrome 86 identifica sites que exibem notificações para induzir o clique em malware ou coletar dados de usuários

Ana Marques Por

O Google passará a bloquear alguns tipos de notificações de sites a partir da versão 86 do Chrome. O intuito é evitar que os usuários recebam spam de páginas que mostram um padrão de conteúdo abusivo – em especial, aquelas que induzem os visitantes a clicarem em malware ou que coletam credenciais do usuário.

Google Chrome para iPhone (Foto: Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog)

Google Chrome no iPhone (Imagem: Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog)

De acordo com o gerente de produto do Chrome, PJ McLachlan, os avisos de notificações abusivos são uma das principais reclamações dos usuários do navegador. Com a novidade, a empresa espera melhorar a experiência do usuário e desencorajar desenvolvedores de sites a utilizarem o recurso indevidamente.

O Google afirma que a interface é exatamente a mesma anunciada anteriormente para o Chrome 84, mas a partir de agora o Chrome poderá bloquear solicitações de permissão de notificação quando identificar um padrão de envio de notificação abusivo.

Como funciona o bloqueio de notificações abusivas

Ao rastrear um site com esse tipo de alerta, o Chrome irá utilizar o serviço de lista negra da navegação segura do Google para sinalizar o comportamento.

Google Chrome bloqueia notificações abusivas

Google Chrome bloqueia notificações abusivas. (Imagem: Reprodução/Google)

O proprietários do site poderá ter acesso ao relatório de notificações abusivas via Search Console, e terá 30 dias para resolve o problema e solicitar outra revisão.

O Google planeja ainda que em uma versão futura do Chrome, o navegador possa alterar automaticamente o status de permissão de notificações de “concedida” para “padrão” em sites com histórico de alertas abusivos, com o objetivo de evitar novas notificações.

Com informações: Google

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando