Início » Aplicativos e Software » Tinder libera chamadas de vídeo para usuários no mundo todo

Tinder libera chamadas de vídeo para usuários no mundo todo

Tinder disponibiliza chamadas de vídeo para usuários do mundo todo; função requer consentimento dos usuários para ser ativada

Bruno Gall De Blasi Por

O Tinder começou a liberar as chamadas de vídeo para os usuários do mundo todo nesta terça-feira (27). A partir de agora, os usuários do aplicativo de relacionamentos poderão partir das mensagens de texto para videoconferências sem depender de outros apps, desde que o consentimento seja mútuo.

Videoconferência do Tinder (Imagem: Divulgação/Tinder)

Videoconferência do Tinder (Imagem: Divulgação/Tinder)

As videochamadas estão em testes desde julho, quando o recurso foi liberado para alguns usuários. A fim de garantir mais segurança, os dois integrantes da conversa devem autorizar a função com antecedência para que as chamadas sejam habilitadas. Os usuários também poderão desativá-las após o uso e limitar a conversa ao texto.

Além do consentimento, os usuários deverão aceitar e obedecer algumas regras. A começar pelos nudes e “conteúdos sexuais”, que não são permitidos. Conteúdos que envolvam preconceito, discursos de ódio, violência, menores de idade e demais atividades ilegais também devem ficar de fora do papo.

O serviço de videoconferência está sendo disponibilizado aos usuários de países como Austrália, Brasil, Chile, Coreia do Sul, Espanha, Estados Unidos, França, Indonésia, Itália, Peru, Reino Unido, Taiwan, Tailândia e Vietnã.

Tinder anuncia pagamento no débito e parcelado

O Tinder anunciou novos meios de pagamento aos usuários do Brasil nesta sexta-feira (23). Em parceria com a fintech brasileira Ebanx, o app de relacionamentos passará a permitir a assinatura de serviços pelo débito ou até em seis vezes no cartão de crédito.

“Estamos entusiasmados em anunciar esta parceria com o Ebanx, que dará aos membros do Tinder no Brasil e em outros países da América Latina a segurança e a facilidade de usar as formas de pagamento que preferirem, para assinar os planos desejados e continuar aproveitando sua jornada no Tinder”, disse Sabrina Zaremba, diretora de desenvolvimento de negócios para o Tinder na América Latina.

Com informações: Engadget e TechCrunch

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação