Início » Negócios » Samsung persegue perfis que vazam imagens e vídeos de celulares Galaxy

Samsung persegue perfis que vazam imagens e vídeos de celulares Galaxy

Samsung está reivindicando direitos autorais de imagens e vídeos para conter vazamentos de celulares e demais produtos da marca

Bruno Gall De Blasi Por

A Samsung está atrás de perfis que compartilham imagens e vídeos vazados de celulares e afins. Segundo Max Jambor do AllAboutSamsung nesta quarta-feira (7), a marca sul-coreana começou a reivindicar os direitos autorais de conteúdos sobre seus produtos. A ação ocorre pouco depois de a Apple pressionar vazadores no fim de junho.

Samsung Galaxy S21 (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Samsung Galaxy S21 (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

O relato parte de uma publicação feita no Twitter. Jambor disse que a Samsung está reivindicando os direitos autorais de fotos e vídeos de seus produtos que ainda não foram lançados oficialmente pela fabricante sul-coreana. “Algumas das imagens que vazaram desaparecerão nos próximos dias”, afirmou. “Isto é apenas o começo”.

Jambor deu mais explicações mais tarde. Ele informou que a Samsung não está atrás dos veículos que fizeram matérias sobre os vazamentos, mas sim de quem publicou os conteúdos originalmente. Depois, Evan Blass, conhecido por adiantar detalhes de celulares e afins, sugeriu que iria remover as publicações com materiais da marca.

“Não é uma boa ideia incorporar esses tweets”, disse Blass em resposta a um tweet já excluído. “Com a Samsung tomando medidas mais agressivas contra o material que vazou, não faz sentido deixar os tweets ativos indefinidamente”.

Procurada pelo Android Authority, a Samsung não se manifestou sobre o assunto até o momento.

Samsung Galaxy A52 (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Samsung Galaxy A52 (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Apple também pressiona perfis que vazam informações

A Samsung não é a única empresa que está apertando o cerco contra vazadores. No fim de junho, a Apple enviou cartas a figuras conhecidas por antecipar informações sobre o iPhone e outros produtos. Em reação à comunicação emitida pelo escritório de advocacia que representa a empresa, os divulgadores criticaram a intimidação.

Kang, que é conhecido pelo seu histórico notável de acertos, está entre as pessoas que receberam a carta. Pela rede social chinesa Weibo, ele revelou detalhes do comunicado, como a captura de tela de suas publicações. Jermaine Smit (Concept Creator), que trabalha com conceitos, e outros vazadores também foram notificados pela fabricante.

Com informações: Android Authority e SlashGear

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando