Início » Negócios » Apple adia retorno aos escritórios devido à variante delta do coronavírus

Apple adia retorno aos escritórios devido à variante delta do coronavírus

Após planejar a retomada das atividades presenciais em setembro, Apple prorroga os seus planos em, pelo menos, um mês

Bruno Gall De Blasi Por

A Apple pretendia voltar às atividades presenciais em setembro com um esquema de trabalho híbrido. A fabricante do iPhone, no entanto, optou por adiar o retorno aos escritórios em, pelo menos, um mês, devido à variante delta do novo coronavírus (causador da COVID-19). É o que revela a Bloomberg nesta terça-feira (20).

Loja da Apple (Imagem: Thássius Veloso/Tecnoblog)

Loja da Apple (Imagem: Thássius Veloso/Tecnoblog)

Os detalhes foram relatados por pessoas a par do assunto. À Bloomberg, elas contaram que a Apple prolongou a previsão de retorno às atividades presenciais “até outubro, no mínimo”. A mudança nos planos se deu pelo aumento no números de casos da COVID-19 (doença causada pelo novo coronavírus) impulsionados pela variante delta.

Os planos para regressar aos escritórios foram anunciados em junho. A Apple revelou um esquema de trabalho híbrido, no qual os funcionários poderiam aderir ao home office por dois dias a cada semana. Quanto aqueles que precisam realizar as atividades presencialmente, o retorno aconteceria entre quatro e cinco dias por semana.

Ainda de acordo com o site, os funcionários serão avisados sobre a retomada das atividades presenciais com um mês de antecedência.

Apple: funcionários criticam esquema de trabalho híbrido

A Apple vem sendo acusada por funcionários de reprimir o home office nas últimas semanas. Recentemente, alguns colaboradores da fabricante do iPhone até ameaçaram a pedir demissão caso a empresa não reveja o esquema de trabalho híbrido. As queixas foram compartilhadas em um canal do Slack com mais de 6.000 membros.

Mas este não é o primeiro relato de insatisfação feito pelos colaboradores. Em junho, os funcionários da companhia enviaram uma carta ao CEO da empresa, Tim Cook, pedindo para a empresa reconsiderar o modelo. A vice-presidente sênior de varejo e pessoal, Deirdre O’Brien, por outro lado, disse que a nova política seria mantida.

Com informações: Bloomberg e The Verge

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando