Início » Finanças » Qual a diferença entre e-commerce e marketplace?

Qual a diferença entre e-commerce e marketplace?

Saiba qual é a diferença entre um e-commerce e um marketplace; ambos são modelos comuns, mas é normal confundir

Alvaro Teixeira Por

As compras na internet fazem parte de um movimento crescente contínuo e cada vez mais buscamos consumir em sites, portanto é bom entender a diferença entre um e-commerce e um marketplace, os modelos de negócio online, e saber como funcionam na hora de comprar. Veja a seguir as peculiaridades de cada um e conheça melhor os tipos de lojas para saber escolher onde fazer suas compras.

Entenda as principais diferenças entre e-commerce e marketplace (Imagem: Pickawood/Unsplash)

Qual a diferença entre e-commerce e marketplace

Indo direto ao ponto, a melhor analogia para entender as diferenças entre e-commerce e marketplace é pensar no primeiro como uma loja e no segundo como um shopping.

O e-commerce é um comércio virtual de uma determinada empresa, como se fosse uma loja física, em que ela tem o total domínio sobre essa estrutura digital, definindo formas de pagamento, frete ou layout e com responsabilidades sobre a venda e entrega.

Já o marketplace é uma espécie de espaço digital onde vários vendedores estão reunidos. Neste caso, o vendedor ou lojista, explora um site de um e-commerce para vender seus produtos e não tem custos de manutenção da infraestrutura do site.

Existem casos que funcionam com ambos os modelos, como por exemplo, as Lojas Americanas e a Amazon. Nelas, você encontra produtos comercializados pela própria empresa, geralmente identificados pela observação “Vendido e entregue por Lojas Americanas/Amazon”, e diversos itens comercializados por terceiros, ou seja, um marketplace.

Na observação é possível saber quem é responsável pela venda e pela entrega (Imagem: Reprodução/Amazon)

Comprar em marketplace ou e-commerce?

A resposta para essa pergunta depende de vários fatores e provavelmente nem mesmo há um resposta correta. Vou te mostrar as vantagens e desvantagens de um e outro como uma ajuda na hora de decidir e optar pela sua compra.

O e-commerce, principalmente quando falamos de uma grande rede de loja ou até mesmo em caso de lojas virtuais menores que possuem seu próprio comércio online, geralmente proporciona uma sensação de segurança maior, já que o site será o responsável pela venda e entrega do produto. Neste, em caso de problemas, é fácil entrar em contato e resolver.

Observação indicando o marketplace nas Lojas Americanas (Imagem: Reprodução/Americanas)

Além disso, quando se trata de um site grande, geralmente conseguem negociar preços melhores em virtude da grande demanda.

No caso do marketplace, é recomendado que esteja mais atento aos prazos de entrega e preço do produto. A quantidade de vendedores diferentes usando um grande site para vender seu produto faz com que muitos deles não contem com boa estrutura para atender aos clientes, portanto é bom sempre procurar por informações sobre o vendedor.

Há ainda, casos em que o vendedor no modelo marketplace é responsável apenas pela venda e o site de e-commerce é responsável pela entrega. Novamente, nas observações, é possível encontrar esta informação.

Neste caso, a venda é de responsabilidade do vendedor no marketplace e a entrega é feita pela Amazon (Imagem: Reprodução/Amazon)

Bom, agora que você sabe a diferença, é bom ficar atento na hora de escolher o produto e verificar se o a venda está sendo feita pelo site de e-commerce ou por um vendedor no marketplace, para saber como seu produto e entrega serão tratados e quem é responsável por cada etapa.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando