Início
Razão Social Americanas S.A.
Fundação 13 dezembro, 2006
Rio de Janeiro, RJ
Website Oficial www.americanas.com.br

Americanas

A Americanas S. A. é uma empresa do varejo que surgiu através da fusão entre B2W e Lojas Americanas. Assim, sua história começou com as delas, há quase um século.

Em 1929, alguns ex-funcionários da rede de lojas Woolworth decidiram abrir sua própria varejista. Assim, fundaram as Lojas Americanas, com sua primeira unidade no Rio de Janeiro. Em poucos anos, mais lojas da rede foram abertas a empresa se consolidou como uma das principais no segmento.

Décadas depois, em 1995, foi a vez da Shoptime, uma das futuras integrantes da B2W, ser fundada pela operadora Globosat. A Shoptime foi o primeiro canal de home shopping do Brasil. No seu canal de televisão, ela ofertava os produtos 24h por dia — além de quatro vezes ao ano em catálogo —, e os clientes faziam as compras por telefone.

Então, veio o “boom” das lojas online. Primeiro, foi criada a Shoptime.com, em 1997. Dois anos depois, a Americanas.com. E por fim, a fundação do Submarino, outra varejista da futura B2W, cujo foco era a venda de livros já no mercado online.

Nos anos seguintes, as varejistas continuaram crescendo separadamente. A Shoptime se popularizou como loja de produtos para a casa. O Submarino atingiu o marco de mais de um milhão de pacotes entregues em apenas um ano. E a Americanas.com se tornou o maior e-commerce do país em 2004.

Enfim, em 2005, a Lojas Americanas adquiriu a Shoptime. Na época, o Submarino focava em expandir seu portfólio, e entrou para os mercados de serviços financeiros e de viagens. Ao final 2006, houve a fusão entre Americanas.com, Submarino.com e Shoptime.com, levando ao surgimento da B2W.

Após a fusão, a Lojas Americanas passou a atuar separadamente do marketplace, e focou nas lojas físicas. Enquanto a B2W se tornou, com o somatório das marcas, o maior portal em volume de vendas da América Latina. E em 2011, lançou um novo site de e-commerce, o Sou Barato, para vender produtos internacionais, reembalados e usados.

A partir de então, diversas novas empresas e serviços foram lançados pela B2W. Foi o caso da plataforma de soluções de crédito e seguros +AQUI. Também da sua carteira digital Ame. E do serviço por assinatura Americanas Mais, para frete grátis e acesso ao Deezer Premium.

Em 2021, a Lojas Americanas e a B2W enfim se fundiram, formando a Americanas S. A. Até o ano seguinte, a empresa já tinha quase 50 milhões de clientes ativos e mais de 10 mil funcionários. E ainda em 2022, foi avaliada em R$ 33,72 bilhões.

Continue lendo »

Tudo sobre Americanas