Início » Aplicativos e Software » Windows Mobile é prioridade, diz executivo da MS

Windows Mobile é prioridade, diz executivo da MS

Por
10 anos atrás

Faz dois anos desde que a Microsoft lançou a versão “mais recente” do Windows Mobile, o Windows Mobile 6.1. Desde então a atenção que a empresa dá ao sistema operacional voltado para celulares inteligentes parece ser mínimo. O próprio David Weeks, gerente de produto do Windows Mobile, admite isso: “nós estamos dois anos defasados”.

Mas não pense que a maior empresa de software do mundo desistiu frente à briga com Apple, RIM e Palm. Segundo o mesmo David Weeks, atualmente o Windows Mobile 6.5 é a segunda prioridade da companhia. Logo atrás do Windows 7, evidentemente.

David Weeks fez uma rápida análise do mercado de telefonia, no qual ele enxerga RIM e Microsoft como as principais empresas para atender o segmento de negócios. Já a Apple, com seu iPhone OS, e o Google, principal desenvolvedor do Android, são os líderes do segmento de telefones voltados para o consumidor médio.  Segundo Weeks, o movimento inverso se iniciou: a Apple sai em busca de clientes corporativos, e as empresas que antes atendiam a clientes corporativos também querem atender os usuários domésticos.

O executivo vê na Nokia o principal perdedor nessa corrida, “cuja participação nesse mercado caiu de 68% para 43%”. Mas cabe lembrar que a Nokia ainda é a maior fabricante de dispositivos móveis do mundo. No Brasil, ela abocanha 41,5% do mercado de celulares, sendo líder absoluta; em segundo lugar está a Sony-Ericsson, com apenas 12,4% de market share.

Windows Mobile 6.5: foco em donos do iPhone que usam vários dispositivos.

Windows Phone: foco em donos de iPhone que usam outros dispositivos.

Com o lançamento do Windows Mobile 6.5, planejado para 6 de outubro, a Microsoft planeja uma nova ofensiva. O alvo principal será o iPhone, embora David Weeks diga que não. Através de pesquisa, a MS descobriu que donos do smart da Apple normalmente possuem um segundo dispositivo. Já a Microsoft pretende oferecer, no Windows Mobile 6.5, uma plataforma completa que integre ferramentas de trabalho (leia-se Microsoft Exchange) com contatos pessoais e endereço de email particular.

Mesmo dizendo que a Microsoft não está correndo atrás da Apple, o executivo alfinetou a empresa: “Windows Phone [futuro aparelho com Windows Mobile 6.5] pode rodar até 31 aplicativos simultaneamente. O iPhone pode rodar só um”. Resta saber se o Windows Mobile 6.5 vai “rodar até 31 aplicativos” devagar quase parando, como em versões anteriores. [Times Online]

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários.