Início » Jogos » Mexemos no Nintendo Wii U, direto da E3

Mexemos no Nintendo Wii U, direto da E3

Testamos o videogame com jeitão de tablet da Big N.

Avatar Por
8 anos atrás

Cheguei cedo na E3 pra cumprir o desafio de botar as mãos no novo Wii U. Entrei logo quando abriram os portões, mas todo mundo teve a mesma ideia: ir para fila do novo console da Nintendo. Não desisti e, ao chegar no balcão da Nintendo, tinha uma vaga de imprensa pra área fechada no stand da Big N. A penúltima do dia.

Após esperar 10 minutos, segui uma representante de relações públicas da Nintendo. A única instrução que recebemos foi: não pode tirar foto ou filmar o console ou o controle sem aparecer alguém na imagem. Qualquer foto ou demonstração mostrando apenas o Wii U, por enquanto, só a Nintendo pode fornecer liberar.

(YouTube — Assista em 720p)

Havia 5 demos diferentes, cada um explorando um lado específico do console.

  • Japanese Garden: um tech demo, ou seja, uma demonstração das capacidades de processamento gráfico do console. Na TV aparecia um pássaro voando por um jardim, enquanto na tela do Wii U podia se ter uma visão 360º de um ponto fixo do ambiente.
  • Stylus Demo: um jogo simples para mostrar a capacidade touchscreen do controle. Para quem já jogou o DS ou 3DS, nenhuma novidade.
  • Shield: esse foi bem divertido! Na tela, 3 navios piratas te cercam com arco e flecha. O pirata no navio do meio dá a ordem de tiro dizendo: esquerda, direito, centro ou cima. Com o ritmo da música, o jogador tem que bloquear a alvejada de flechas, indicando direção com um escudo (no caso, o controle). A ideia desse demo é mostrar as capacidades de motion do controle.
  • Catch the Mario: o mais divertido de todos, na minha opinião. Quatro jogadores usando controles de Wii dividem a tela da TV e devem perseguir um quinto jogador vestido de Mario. O quinto jogador usa o novo controle do Wii U para fugir dos outros quatro. Na tela, ele vê no mapa onde cada um está e pode fugir para o lugar mais seguro. Imagine o demo como um PacMan em que todos os jogadores são os fantasmas e devem perseguir o PacMan, sem saber aonde ele está! A ideia é mostrar como a quantidade de telas pode criar situações diferentes de jogo.
  • Metroid Demo: um jogo de tiro no estilo deathmatch (mata-mata). Dois jogadores usam controles de Wii enquanto um terceiro usa o controle do Wii U e pilota uma espaço-nave. O jogador com o controle do Wii U, além de usar os botões do controle pra andar pelo mapa e atirar, deve se movimentar em todas as direções possíveis para mirar de cima nos outros jogadores. É meio confuso de início, mas logo em seguida da pra pegar a manha e sair matando. Uma pessoa da Nintendo que estava ao lado falou que eu fui a primeira pessoa que ela viu que zerou um round com a espaçonave. Eu devia ganhar um WiiU por isso, não? 😛
  • Zelda HD Experience: outro tech demo, ele mostra o Link andando por um templo e algumas possibilidades do controle.

No geral, a experiência inicial com o Wii U foi bem interessante! Vale ressaltar que a Nintendo está focando não só no controverso controle "tablet", mas também no processamento HD (1080p!) do console. Agora é sentar e esperar as primeiras developers comprarem a ideia e começarem a produzir para o console.

E a pergunta que não quer calar: o controle é pesado? Vocês acreditariam se eu falasse que pesa tanto quanto um WiiMote? Ou se eu falar que o PS Vita é mais pesado? Ou ainda mesmo se eu falar que um iPhone 4 é mais pesado?

O que se comenta — e faz todo sentido — é que o aparelho é leve porque quase não tem componentes dentro! Basicamente ele precisa de poucos circuitos para cada botão funcionar, pilhas, uma tela de LCD touchscreen e um receptor Bluetooth. Toda a parafernalha de processamento fica direto no console. É ele quem faz o streaming para o controle.