Início » Aplicativos e Software » 20 anos de Linux em números

20 anos de Linux em números

Avatar Por

Como parte da comemoração pelos 20 anos do melhor sistema operacional de todos os tempos, a Linux Foundation criou um infográfico comparando diversas informações sobre como o pinguim, e consequentemente a informática em geral, evoluiu nessas últimas duas décadas.

Desenvolvedores do Kernel em 1992 e em 2010. Repare no homenzinho rosa.

Além de mostrar como o mundo da informática em geral mudou nos últimos anos, o infográfico também mostra que a preferência dos usuários mudou por completo. Se antes Red Hat e Slackware juntos tinham mais de 60% da preferência dos usuários, hoje o Ubuntu já tem a preferência, seguido bem de perto pelo Fedora / Red Hat.

O mesmo vale para onde o Linux é usado pelos usuários: se antes havia uma divisão clara entre o uso do Linux no trabalho ou em casa ou somente na escola, hoje já é normal usar em todos os lugares possíveis. Interessante, não?

Muito embora a pesquisa de preferências tenha sido feita com participantes da LinuxCon 2011 (o que pode gerar algumas distorções no final), não deixa de ser importante observar os resultados e entender o que mudou de lá pra cá. O fato do Ubuntu estar na frente só mostra que, mesmo entre os usuários com mais conhecimento do sistema, uma distro que seja fácil de usar, tenha boa documentação suporte competente faz muita diferença na escolha final.

O infográfico completo você pode ver aqui. Para saber mais sobre o LinuxCon, não deixe de ver as matérias que já publicamos sobre o evento.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Guilherme Mac
Não fale besteiras! Parece que nem ao menos vc sabe o q é Linux e o q ele se propõem a ser. Leia antes de qualquer coisa: http://sinapseslivres.com.br/2010/08/entendendo-o-que-e-linux-gnulinux-e-distribuicao-linux/
Diones Reis
"Melhor Sistema Operacional de Todos os Tempos" Faz me rir! É um S.O. tão bom que, depois de 20 anos, ainda não se tem um padrão único, e a incompatibilidade de versões e aplicativos é uma constante. Sem falar que usuários comuns fogem dele como o diabo fogem da cruz. Por que os articulistas daqui são tão fanboy?
Glauber Rocha
Geek que é Geek Usa Linux, parabéns linux, 20 anos de muita vida, e muita coisa ainda pela frente *_*
@Geoomendes
Parabéens, Linux :D
@leomarviegas
Cara...uso linux fazem 7 anos e não sinto falta do Windows...O linux foi o responsável por muita coisa na minha vida desde o meu primeiro emprego ele foi responsável pelo pagamento de minhas contas (hehe) e pelo meu desenvolvimento técnico e analítico em sistemas operacionais, entre muitas outras coisas os meus "cents" pra comunidade eu pude contribuir com alguns projetos, mas hoje a correria é tanta que não consigo mais =( Mas é isso Viva o Linux!
acustodioo
Urban Terror, acho mais legal que CS. (:
j2k
Já usei algumas distros e a que mais gostei e usei por mais tempo foi a OpenSUSE (questão de gosto/adaptação mesmo). Ainda tenho planos de arrumar um micro pra instala-lo novamente (não gosto de dual boot).
Tchones
Salvei a imagem e consegui visualizar o conteúdo.
Tchones
Quando eu clico na imagem, o infográfico aparece absurdamente pequeno. É assim mesmo?
Turdin
A gente ta falando de jogos de verdade Guilherme.
Ramon Melo
Eu faço o contrário, vou para o Windows quando preciso estudar. Tudo é tão lento que eu acabo não saindo do MS Office e das IDEs.
Lucas Meneses
Viva o linux!!!
Guilherme Mac
A quantidade de profissionais remunerados pra trabalhar somente no desenvolvimento é muito grande. Além dos profissionais da Fundação Linux, tem outros de todas as empresas que contribuem pro kernel. E a quantidade de empresas é gigante! É por isso que o ciclo de desenvolvimento é muito acelerado. Dê uma olhada no último relatório anual: http://sinapseslivres.com.br/2010/12/quem-desenvolve-o-linux-relatorio-2010/
@trovalds
Só esqueceram de dizer quantos desses desenvolvedores trabalham full time e são remunerados por isso. Se tirarem essa força do desenvolvimento do kernel, duvido muito que o kernel se sustente de forma aceitável. Não sou crítico do linux, tanto que quando posso estou nele ao invés do Windows. Sou crítico desse marketing distorcido pra leigo ver. Tanto que admiro bastante o Debian, que é a única meta distro que se mantém apenas com trabalho voluntário.
Guilherme Carlos
Tirando o fato de compatibilidade com programas, o Linux é e sempre será superior à outros Sistemas Operacionais. Enquanto empresas mantém uma equipe pra desenvolver um SO, o Linux tem um mundo todo fazendo isso. Olhando pelo lado corporativo temos custo zero e servidores que nem precisam ser discutidos. Sou usuário linux à 2 anos, comecei com Ubuntu e hoje uso Debian, só uso Windows aqui na empresa e pudesse (compatibilidade de novo) usaria somente Linux!
Exibir mais comentários