Arquivo Celular

Dono do Galaxy S III que explodiu na Irlanda admite que inventou tudo

Rafael Silva
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Há algumas semanas um irlandês dono de um Galaxy S III disse que o seu aparelho havia explodido dentro do carro, sem motivo. Como a temperatura dentro de um automóvel ao sol pode ser bastante elevada, sua história parecia ter mérito. Mas depois de investigações da Samsung, a verdadeira história por trás da explosão foi revelada – e ele admitiu que inventou tudo.

Após o incidente o aparelho foi recolhido pela Samsung, que o enviou para a FIUK (Fire Investigation UK, não o cantor brasileiro) para análise. O relatório da empresa concluiu que o causador da explosão foi uma fonte de energia externa. “A única maneira que de ser possível recriar um dano similar […] seria colocar o aparelho ou suas partes em um micro-ondas”, escreveu a empresa.

Pouco depois de divulgado o relatório, o dono do aparelho voltou ao mesmo fórum onde publicou a história e admitiu que realmente um amigo havia colocado o aparelho no micro-ondas, por um motivo: o Galaxy S III havia caído na água e foi colocado para secar. “Foi um erro estúpido”, ele admite. “You don’t say?”, respondeu Capitão Óbvio.

É seguro dizer que dillo2k10 não vai receber um modelo novo do Galaxy S III da Samsung no futuro, a menos que compre um novo. O máximo que ele pode receber é um belo processo da fabricante sul-coreana – e eles têm os advogados pra isso.

Com informações: DroidMatters. Dica do Fernando Takai (@fernando_takai) no Twitter.

Rafael Silva

Rafael Silva tem 27 anos, estudou Tecnologia de Redes de Computadores e mora em São Paulo. Tem uma queda pela Apple na área de dispositivos móveis, mas sempre usou Windows em todos os seus notebooks e desktops. Vez ou outra fala alguma coisa interessante no Twitter: @rafacst. [Envie um email]

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque