Arquivo Internet

Agora é oficial: aplicativos do Chrome poderão ser portados para Android e iOS

Emerson Alecrim
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A descoberta de um repositório no GitHub no final do ano passado levantou fortes suspeitas de que o Google estaria se preparando para permitir que apps do Chrome rodem no Android e no iOS. A confirmação veio hoje: a empresa acaba de liberar uma prévia do kit que permitirá a qualquer desenvolvedor explorar esta possibilidade.

O Chrome suporta aplicativos offline desde setembro de 2013. No desktop, estes programas acabam se comportando como se tivessem sido desenvolvidos desde o início para o sistema operacional e não necessariamente para o navegador.

O plano atual é o de levar esta ideia às mencionadas plataformas móveis, com o kit de desenvolvimento recém-liberado sendo peça fundamental para esta finalidade: com ele, os desenvolvedores poderão portar apps baseados no Chrome para o Android ou iOS fazendo apenas uma adaptação ou outra, não precisando criar uma versão específica do programa para a plataforma de destino.

Exemplo de app para Chrome rodando no Android

Exemplo de app para Chrome rodando no Android

Como explicado no primeiro post sobre o assunto, o kit é baseado no Apache Cordova, um pacote de APIs que “transforma” os recursos em HTML5, CSS e JavaScript – os padrões usados nos aplicativos para Chrome – em um pacote que pode ser instalado no Android ou no iOS.

Ainda que não esteja em versão final, a ferramenta já está bastante documentada e capaz inclusive de tornar os aplicativos aptos à sua distribuição no Google Play e na App Store, uma vez que “empacota” os softwares gerados de acordo com os requisitos de cada plataforma.

Tudo muito interessante, mas o que o Google ganha com isso, se a ideia atende até mesmo um sistema rival? Atrair mais interesse para o Chrome é uma das hipóteses: ao saber que seu aplicativo poderá ser portado com relativa facilidade para plataformas móveis, um desenvolvedor poderá se sentir mais motivado a criar algo para o navegador.

Com informações: The Next Web

Emerson Alecrim

Autor / repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais, negócios e transportes. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém um site chamado InfoWester.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque