Arquivo Celular

Dois dos principais consórcios se unem e padrão universal de recarga sem fio fica mais perto de surgir

Emerson Alecrim
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Tecnologias para recarga sem fio de baterias existem há algum tempo, mas ainda não são muito difundidas por serem relativamente “cruas” e não terem padronização. Mas este cenário está mais perto de mudar: dois dos três principais consórcios que tratam do assunto decidiram unir forças para agilizar a definição de um padrão universal.

Um deles é a Power Matters Alliance (PMA), que conta com o apoio de companhias como AT&T, Asus, BlackBerry, Duracell, Huawei, LG, Samsung, Sony, Texas Instruments e Toshiba. O outro é a Alliance for Wireless Power (A4WP), formada por nomes como Broadcom, Fujitsu, Intel, Panasonic e Qualcomm.

Com o acordo entre os dois grupos, a PMA concordou em apoiar o desenvolvimento do padrão de recarga sem fio Rezence, da A4WP. Esta, por sua vez, se comprometeu a incluir a tecnologia da PMA como opção nas especificações de seu projeto.

Rezence

Não se trata de uma simples troca de gentilezas. As soluções de ambos os consórcios são constituídas por tecnologias ligeiramente diferentes entre si, portanto, a junção pode extrair o melhor dos dois lados: enquanto o Rezence se baseia em ressonância magnética, a MPA trabalha com recarga por indução.

Na prática, a principal diferença entre ambos é que o emissor de energia e o receptor não precisam estar alinhados no sistema ressonante, basta estarem suficientemente próximos. Este último também tem a vantagem de permitir o uso de várias bobinas de recarga. Assim, será possível ter um ponto de recarregamento para vários dispositivos ao mesmo tempo.

A união de força dos dois grupos também faz com que a A4WP passe a contar com os esforços da WiTricity, até então filiada à PMA. A empresa é uma das principais referências da indústria quando o assunto é recarga sem fio e, portanto, deverá ter papel importante na criação de uma especificação definitiva.

O lado rival, isto é, o outro grande grupo nesta história toda (e talvez o mais popular), é a Wireless Power Consortium (WPC), com seu padrão Qi. Como que para mostrar que a sua tecnologia segue em ritmo forte de desenvolvimento, o consórcio já deixou claro que também pretende implementar ressonância em suas especificações. É o prenúncio de uma briga das boas.

Com informações: Engadget

Emerson Alecrim

Autor / repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais, negócios e transportes. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém um site chamado InfoWester.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque