Arquivo Antivírus e Segurança

iOS 4 corrige falhas de segurança mas pode ter deixado o iPad vulnerável

Juarez Lencioni Maccarini
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Com o lançamento do iOS 4 a Apple corrigiu 65 vulnerabilidades que poderiam colocar em risco a segurança de iPhones e iPods Touch, sendo mais da metade delas o que costumamos chamar de “críticas”. O problema é que isso pode ter deixado os três milhões de iPads vendidos vulneráveis a essas mesmas falhas, já que o mágico e revolucionário tablet só vai receber a atualização para o iOS 4 no segundo semestre. Isso sem contar iPhones e iPods Touch de primeira geração.

Das 65 vulnerabilidades, 35 (equivalente a 54%) delas foram caracterizadas como “execução de código arbitrário”, ou seja, é uma falha crítica que poderia ser utilizada para invadir e executar código no seu iPhone, iPod ou iPad.

A maioria dessas falhas corrigidas no iOS 4 estavam presentes no WebKit, o motor por trás do Safari Mobile (entre tantos outros navegadores). São as mesmas falhas que a empresa havia corrigido na versão para desktop do programa duas semanas antes, com o lançamento do Safari 5. Foi através de uma delas que um iPhone 3GS foi invadido em cinco minutos durante o concurso Pwn2Own em março.

Ainda não é certo que todas, ou mesmo qualquer uma dessas falhas estejam mesmo presentes no iPad. A questão é que o tablet roda a versão 3.2 do sistema operacional, um pouco mais recente que a versão 3.1.3 na qual se encontravam-se iPhones e iPods Touch. Então é possível que algumas dessas vulnerabilidades já estivessem corrigidas no iPad desde seu lançamento. Ou não. Só saberemos com certeza quando e se a Apple se pronunciar a esse respeito. [Computerworld]

Juarez Lencioni Maccarini

Juarez Lencioni Maccarini é formado em engenharia de computação e trabalhou como autor no Tecnoblog entre 2009 e 2011. Durante sua passagem, produziu reviews e escreveu sobre jogos, softwares e inovação. Também colaborou com a redação do TechTudo (Editora Globo) cobrindo temas relacionados à tecnologia.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque