Arquivo Internet

Google revela quantos pedidos judiciais já cumpriu

Rafael Silva
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Em 2010 o Google criou o chamado Relatório de Transparência, para divulgar em números exatos quantos pedidos judiciais a empresa recebe dos governos de diversos países relacionado a dados dos seus usuários, seja para remoção deles ou pedindo mais informações. Hoje essa ferramenta recebeu uma atualização e pela primeira vez o Google passou a mostrar qual a porcentagem dos pedidos recebidos foram cumpridos.

Antes o Google só mostrava quantos pedidos havia recebido dos governos, mas hoje sabemos por exemplo, que a gigante da web cumpriu total ou parcialmente 76% de todas as requisições que foram enviadas pelo governo brasileiro. As requisições variam em dois tipos: pedidos de remoção de dados ou pedidos de informações de usuários, mas o Google ainda não revela as porcentagens de cada um, apenas do total.

O serviço do Google que mais recebe pedidos de remoção de dados no Brasil é o YouTube, com 75 requisições, seguido do orkut, com 36. Ao todo, o governo do Brasil fez 236 pedidos de remoção de dados no período de julho a dezembro do ano passado. No mesmo período, o governo também fez mais de 1,8 mil requisições de informações de usuários da empresa.

Na primeira versão da página, liberada em abril de 2010, o Brasil estava no topo de países que mais pediam informações sobre usuários do Google, com cerca de 3 mil pedidos. Com uma atualização em setembro esse posto passou a ser dominado pelos EUA, com mais de 4 mil deles.

Rafael Silva

Rafael Silva tem 27 anos, estudou Tecnologia de Redes de Computadores e mora em São Paulo. Tem uma queda pela Apple na área de dispositivos móveis, mas sempre usou Windows em todos os seus notebooks e desktops. Vez ou outra fala alguma coisa interessante no Twitter: @rafacst. [Envie um email]

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque