Arquivo Telecomunicações

Cisco monta estrutura com conexão de 120 Gb/s na Suécia

Rafael Silva
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Todo ano aqui no Brasil acontece a Campus Party, evento que reúne geeks do país inteiro e os deixa ligados na internet com conexões incríveis. Esse ano, embora a infraestrutura não tenha sido das mais confiáveis, a conexão disponível era de 20 Gb/s, cortesia da principal patrocinadora do evento, a Telefônica. Lá na Suécia a Cisco, em parceria com um provedor local de internet, fizeram algo similar mas com uma conexão de deixar qualquer campuseiro brasileiro com inveja.

Funcionário da Cisco monta servidor na DreamHack | Crédito: Daniel ‘M1n1M0nk3y’ Nilsson

Funcionário da Cisco monta servidor na DreamHack | Crédito: Daniel ‘M1n1M0nk3y’ Nilsson

A conhecida fabricante de roteadores se uniu à provedora Telia para montar uma estrutura de rede capaz de entregar uma conexão de 120 Gb/s. Ela vai ser disponibilizada para os 20 mil participantes do evento DreamHack, que é basicamente um Campus Party para quem quer ir jogar StarCraft, Minecraft, BattleField 3 e outras dezenas de jogos online sem a mínima possibilidade de lag.

Originalmente trata-se de uma enorme LAN Party, mas com uma conexão desse tamanho disponível, tenho quase certeza de que algum dos participantes vai se ver tentado a baixar a internet inteira. E provavelmente vai conseguir.

Segundo a Cisco, o valor total dos equipamentos usados no evento soma mais de US$ 6,4 milhões e a Telia diz que essa é a conexão mais veloz já criada no planeta até hoje. Por meio dela, dizem as empresas, seria possível fazer streaming de música para 750 mil pessoas ao mesmo tempo.

Já os roteadores da Cisco usados na DreamHack, chamados CRS-3, contam com capacidade de gerenciar até 332 Tb/s de tráfego, o que é o suficiente para permitir que que todo mundo na China faça uma ligação em vídeo simultaneamente.

Com informações: The Verge.

Rafael Silva

Rafael Silva tem 27 anos, estudou Tecnologia de Redes de Computadores e mora em São Paulo. Tem uma queda pela Apple na área de dispositivos móveis, mas sempre usou Windows em todos os seus notebooks e desktops. Vez ou outra fala alguma coisa interessante no Twitter: @rafacst. [Envie um email]

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque