Guias Celular

Comparativo: Galaxy A53 vs A73; qual comprar?

Galaxy A53 e Galaxy A73 são celulares da Samsung bem parecidos, mas apresentam diferenças na câmera, ficha técnica e na tela

Bruno Gall De Blasi
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A nova geração da linha de celulares intermediários da Samsung já está entre nós. Em março de 2022, a marca anunciou o Galaxy A53 e A73, que chamam a atenção pela câmera quádrupla, a bateria de 5.000 mAh e o armazenamento de 128 GB. Mesmo assim, os dois não são iguais. Veja as diferenças entre os smartphones a seguir.

Comparativo: Galaxy A53 vs A73; qual comprar? (Imagem: Guilherme Reis/Tecnoblog)
Comparativo: Galaxy A53 vs A73; qual comprar? (Imagem: Guilherme Reis/Tecnoblog)

O que muda entre o Galaxy A53 e o Galaxy A73?

EspecificaçãoGalaxy A53Galaxy A73
TelaSuper AMOLED de 6,5 polegadas com resolução Full HD+ e taxa de atualização de 120 HzSuper AMOLED de 6,7 polegadas com resolução Full HD+ e taxa de atualização de 120 Hz
Câmera traseira– principal: 64 megapixels
– ultrawide: 12 megapixels
macro: 5 megapixels
– profundidade: 5 megapixels
– principal: 108 megapixels
– ultrawide: 12 megapixels
– profundidade: 5 megapixels
– macro: 5 megapixels
ProcessadorExynos 1280Snapdragon 778G 5G

Telas de 120 Hz com tamanhos diferentes

A olho nu, dá para dizer que os dois celulares são iguais. Afinal, tanto o Galaxy A53 quanto o Galaxy A73 têm tela plana com bordas finas e câmera frontal posicionada em um furo. O conjunto fotográfico também é parecido, mas há uma diferença significativa entre ambos em termos de visual: o tamanho da tela.

A dupla possui painel Super AMOLED. Mas o Galaxy A53 tem 6,5 polegadas enquanto o Galaxy A73 é levemente maior, com o display de 6,7 polegadas. De resto, as duas telas têm resolução Full HD+ e taxa de atualização de 120 Hz.

Samsung Galaxy A53 5G possui tela de 6,5 polegadas com bordas reduzidas (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Samsung Galaxy A53 5G possui tela de 6,5 polegadas com bordas reduzidas (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Câmera quádrupla com sensor principal diferente

A Samsung manteve o conjunto fotográfico quádruplo nos dois modelos. Em comum, a dupla possui um sensor de 12 megapixels com lente ultrawide, outro de 5 megapixels para macro e mais um de 5 megapixels para capturar a profundidade de campo. A diferença, portanto, se concentra na câmera principal.

Comecemos pelo Galaxy A53: o conjunto fotográfico é liderado por um sensor de 64 megapixels. Na prática, como ficou registrado em nosso review, a câmera ofereceu resultados positivos até mesmo em dias nublados. Os destaques ficam pelas texturas, a coloração forte e a exposição controlada. 

Galaxy A73 oferece um sensor com resolução maior: 108 megapixels. Na análise do SamMobile, o celular tirou fotos com uma qualidade excelente. Mas, claro, assim como o Galaxy A53, os resultados tendem a variar ao usar os outros sensores fotográficos com lente ultrawide e para macro.

Vale lembrar que nem toda câmera é melhor só porque tem mais megapixels.

Samsung Galaxy A73 5G possui câmera quádrupla de 108 megapixels (Imagem: Divulgação/Samsung)
Samsung Galaxy A73 5G possui câmera quádrupla de 108 megapixels (Imagem: Divulgação/Samsung)

Exynos ou Snapdragon?

A ficha técnica da dupla também possui suas semelhanças. Mas há um ponto-chave que diferencia ambos: o processador.

O Galaxy A53 sai da caixa com o Exynos 1080. Segundo a Samsung, o processador tem oito núcleos de até 2 GHz. Além disso, Tecnoblog teve a oportunidade de testar o celular, que funcionou bem, mas não deixou as suas limitações de lado.

O Galaxy A73 traz o processador Snapdragon 778G 5G, que possui oito núcleos de até 2,4 GHz, no seu interior. Na prática, isto significa que o telefone tende a apresentar bom desempenho no dia a dia. Mas não espere a mesma potência de um celular no mesmo porte do Galaxy S22, por exemplo.

Samsung Galaxy A53 5G sai da caixa com 8 GB de RAM e 128 GB de espaço (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Samsung Galaxy A53 5G sai da caixa com 8 GB de RAM e 128 GB de espaço (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

O que não muda entre o Galaxy A53 e o Galaxy A73?

EspecificaçãoGalaxy A53Galaxy A73
RAM e armazenamento8 GB + 128 GB8 GB + 128 GB
Bateria5.000 mAh com recarga rápida de até 25 watts5.000 mAh com recarga rápida de até 25 watts
Câmera frontal32 megapixels32 megapixels
Sistema operacionalAndroid 12 (One UI 4.1)Android 12 (One UI 4.1)

128 GB de espaço e 8 GB de RAM

Apesar da diferença entre os processadores, os modelos brasileiros têm outros pontos em comum na ficha técnica. Comecemos pela memória RAM de 8 GB, o que deve agregar um desempenho favorável na multitarefa tanto no Galaxy A53 quanto no Galaxy A73. O armazenamento de 128 GB é outro trunfo da dupla.

As semelhanças não param por aí. Os dois modelos têm bateria de 5.000 mAh com suporte à recarga rápida de 25 watts. A Samsung ainda implementou recursos que favorecem bastante a dupla, como a certificação IP67 e o suporte ao 5G. O Galaxy A53 e A73 ainda têm um leitor de impressões digitais sob a tela.

Samsung Galaxy A73 5G possui câmera frontal de 32 megapixels (Imagem: Divulgação/Samsung)
Samsung Galaxy A73 5G possui câmera frontal de 32 megapixels (Imagem: Divulgação/Samsung)

Câmera frontal de 32 megapixels

Outra aproximação entre os modelos fica pela câmera frontal. Para começar, o sensor está posicionado no mesmo lugar nos dois celulares: em um furo na tela. Além disso, a dupla ainda oferece uma câmera com a mesma resolução: 32 megapixels.

Em nossa análise, o Galaxy A53 tirou fotos com cores agradáveis, definição impecável e desfoque natural. Já o SamMobile pontuou em seu review que o celular tirou fotos de boa qualidade durante o dia. O sensor frontal, no entanto, não impressionou tanto assim em lugar com baixa iluminação.

Samsung Galaxy A53 5G tem Android 12 de fábrica (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Samsung Galaxy A53 5G tem Android 12 de fábrica (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Android 12 de fábrica

A Samsung vem chamando a atenção quando o assunto é atualização. Não à toa, quase todos os celulares da marca de 2022 foram lançados com Android 12 de fábrica. E isso engloba o Galaxy A53 e Galaxy A73, anunciados globalmente em março.

Mas o que isto significa? Em primeiro lugar, é importante ressaltar que o consumidor já tira o celular da caixa com a versão mais recente do Android. Mas a vantagem não fica apenas aí: a Samsung também possui uma das melhores políticas de atualização do mercado da atualidade, perdendo apenas para a Apple.

Durante o lançamento, a Samsung afirmou que o Galaxy A33, A53 e A73 terão até quatro anos de atualizações do sistema operacional. Ou seja, é esperado que os celulares recebam novas versões até o esperado Android 16. Já as correções periódicas de segurança serão liberadas aos smartphones por cinco anos.

Samsung oficializa Galaxy A73 5G com câmera quádrupla (Imagem: Divulgação/Samsung)
Samsung oficializa Galaxy A73 5G com câmera quádrupla (Imagem: Divulgação/Samsung)

Afinal, qual celular comprar?

Há tantas semelhanças nos dois celulares que chega a dar um flashback. Afinal, em 2021, a Samsung revelou o Galaxy A52 e Galaxy A72 com semelhanças que vão além do design. E a receita não foi alterada de lá para cá: o Galaxy A53 e o Galaxy A73 são tão parecidos que chega a ser difícil apontar o que muda em cada um.

Mas isto não significa que são iguais. Peguemos o Galaxy A52: o celular até tem tela de 120 Hz, mas o painel é levemente menor e a câmera principal oferece resolução de 64 megapixels. Para fechar, o smartphone sai da caixa com processador Exynos, o que pode ser um ponto negativo para consumidores que preferem os chips da Qualcomm.

O Galaxy A72 não traz muitas diferenças significativas. Mas, além da câmera principal de 108 megapixels, o smartphone sai da caixa com o chip Qualcomm Snapdragon 778G 5G. Além disso, a tela é levemente maior, o que deve agradar uma parcela de usuários que sempre escolhe telefones com painéis grandes. 

Mas há um fator que ainda não foi discutido: o preço. E é aqui que o Galaxy A53 sai na frente, pois o celular chegou às lojas do Brasil em março por R$ 3.499. O Galaxy A73, por sua vez, desembarcou em abril por R$ 3.799 (ai!).

Claro, os smartphones já estão à venda com preços mais atrativos no varejo. Mesmo assim, é mais fácil encontrar o Galaxy A53 com valores menores do que os do Galaxy A73. Portanto, se mais megapixels e o processador Exynos realmente não fazem diferença para você, talvez seja melhor pensar pelo bolso.

Bruno Gall De Blasi

Bruno Gall De Blasi é jornalista e cobre tecnologia desde 2016. Sua paixão pelo assunto começou ainda na infância, quando descobriu "acidentalmente" que "FORMAT C:" apagava tudo. Antes de seguir carreira em comunicação, fez Ensino Médio Técnico em Mecatrônica com o sonho de virar engenheiro. Entrou para o Tecnoblog em 2020 e também escreveu para o TechTudo e iHelpBR.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque