Notícias Internet

YouTube Premium ganha plano mais barato para estudantes no Brasil

Assinatura de estudante do YouTube Premium custa pouco mais da metade do plano individual

Paulo Higa
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

O Google lançou nesta sexta-feira (5) um plano para estudantes do YouTube Premium no Brasil. A assinatura elimina os anúncios nos vídeos e permite reproduzir conteúdo em segundo plano ou mesmo sem conexão à internet. Ela custa R$ 20,90 por mês no plano individual, mas estudantes verificados poderão utilizar o serviço por R$ 12,50.

YouTube Premium

O plano para estudantes já estava disponível desde o final de 2018 nos Estados Unidos. Os benefícios são os mesmos da versão individual, inclusive com degustação gratuita de 30 dias, filmes e séries do YouTube Originals e acesso ao YouTube Music, um dos dois serviços de streaming de música do Google.

A empresa explica que “as assinaturas de estudante do YouTube estão disponíveis apenas para estudantes em tempo integral de universidades credenciadas em alguns países”. O desconto de 40% dura um ano; depois, é necessário fazer a verificação novamente para provar que você ainda é qualificado. É possível utilizar o plano de estudante por até quatro anos.

YouTube Premium para estudantes

O processo de verificação é bem semelhante ao de outros serviços que também oferecem planos para estudantes, como o Spotify e o Apple Music. Você precisa fornecer seu nome completo, a faculdade em que estuda e um documento de comprovação — como um histórico escolar, certificado de matrícula ou recibo de pagamento da mensalidade. O serviço terceirizado analisará as informações e autorizará (ou não) o desconto.

Além do plano de estudante, por R$ 12,50 ao mês, o YouTube Premium pode ser assinado no plano individual (R$ 20,90) e no plano família (R$ 31,90), que fornece acesso para até seis membros da família com mais de 13 anos morando no mesmo endereço. Os detalhes estão nesta página.

Paulo Higa

Editor-executivo

Paulo Higa é jornalista, com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. Trabalha no Tecnoblog desde 2012, viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. É coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque