YouTube Premium encerrará desconto para usuários antigos

Serviço conta com desconto para quem assinou o YouTube Red ou Google Play Music; usuários dessa promoção pagarão preço cheio a partir de janeiro

Felipe Freitas
Por
• Atualizado há 5 meses
YouTube
YouTube Premium não terá mais o desconto para quem assinava o YouTube Red e Google Play Music (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

O Google anunciou que encerrará o desconto do YouTube Premium para usuários antigos. Quando lançou o serviço, a empresa forneceu um preço especial para os clientes do YouTube Red e Google Play Music. A partir de janeiro de 2024, os usuários antigos pagarão o preço normal do YouTube Premium.

O fim desse desconto já era aguardado há algum tempo. Em julho, quando o Google anunciou o aumento do YouTube Premium, a empresa comunicou que os usuários clássicos (ou fiéis, como prefiro chamar) seguiriam com o preço especial por mais alguns meses. Agora o Google confirmou a data para encerrar a vantagem.

Fim do desconto com pouco impacto no Brasil

YouTube Music e Google Play Música no Android. (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)
YouTube Music foi o sucessor do Google Play Música (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

O impacto do fim do desconto para usuários fiéis (que assinavam o serviço desde antes de se chamar YouTube Premium) Brasil deve ser pequeno. Como o YouTube Red nunca chegou por aqui, os agraciados com o desconto serão apenas os brasileiros que assinavam o Google Play Music até o fim do serviço — e, consequentemente, migraram para o YouTube Music, presente no Premium.

Os preços do YouTube Premium são divididos em dois planos: individual e família. O primeiro custa R$ 24,90. Já o segundo, que permite o acesso para até cinco membros, sai por R$ 41,90 por mês. O serviço conta com um plano especial para estudantes, cujo valor é de R$ 13,90 por mês.

Com o fim do desconto para os usuários antigos, o Google finalmente passa a entregar os mesmos preços para todos os assinantes do YouTube Premium. O último reajuste de valores aconteceu em agosto deste ano, quando o serviço aumentou o preço para igualar com o que é cobrado nos dispositivos iOS.

Com informações: 9to5Google e AndroidHeadlines

Receba mais sobre YouTube Premium na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Freitas

Felipe Freitas

Repórter

Felipe Freitas é jornalista graduado pela UFSC, interessado em tecnologia e suas aplicações para um mundo melhor. Na cobertura tech desde 2021 e micreiro desde 1998, quando seu pai trouxe um PC para casa pela primeira vez. Passou pelo Adrenaline/Mundo Conectado. Participou da confecção de reviews de smartphones e outros aparelhos.

Relacionados