Facebook trabalha em integração entre WhatsApp e Messenger

Integração entre Facebook Messenger e WhatsApp deve demorar, mas primeiros passos já estão sendo dados

Emerson Alecrim
Por
• Atualizado há 4 meses
WhatsApp (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Quase um ano e meio se passou desde que Mark Zuckerberg confirmou o plano de integrar o Facebook Messenger, o Instagram e o WhatsApp. Mas, de lá para cá, praticamente nada mudou. Mas isso não quer dizer que o assunto morreu: recentemente, pistas sobre uma integração entre esses serviços foram encontradas.

Capturas de tela liberadas pelo desenvolvedor Alessandro Paluzzi no Twitter sugerem que o Facebook trabalha, no momento, para recomendar o Messenger dentro do Instagram. Como destaca o WABetaInfo, isso não chega a ser, necessariamente, uma integração. Aparentemente, esse recurso permite apenas que o Messenger seja acionado a partir do Instagram:

Messenger a partir do Instagram

Por outro lado, uma terceira imagem liberada pelo desenvolvedor mostra o que seriam tabelas de bancos de dados. Os nomes dessas tabelas sugerem uma integração entre o Facebook Messenger e o WhatsApp:

Banco de dados Messenger - WhatsApp

Os nomes fazem referências a várias possíveis funcionalidades, como a de o Facebook Messenger identificar usuários bloqueados no WhatsApp, listar membros de um grupo e obter informações específicas de uma conversa (número de telefone de um contato e um contador de mensagens, por exemplo).

Na primeira olhada, parece que o Facebook Messenger está simplesmente clonando o WhatsApp, mas tudo indica que, na verdade, o banco de dados serviria justamente para viabilizar a integração entre os dois serviços.

Mas, se a integração estiver mesmo a caminho, não chegará tão cedo aos usuários. De acordo com o WABetaInfo, vários aspectos ainda precisam ser tratados, por exemplo: o Facebook salvará esse banco de dados em um servidor para download em outros dispositivos? Será possível desativar a integração entre os serviços?

O Facebook precisa lidar também com o desafio de manter a criptografia ponta a ponta entre dois mensageiros que seguem dinâmicas de funcionamento muito diferentes.

Receba mais sobre Meta na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Emerson Alecrim

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais e negócios. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Em 2022, foi reconhecido no Prêmio ESET de Segurança em Informação. Em 2023, foi reconhecido no Prêmio Especialistas, em eletroeletrônicos. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém o site Infowester.

Relacionados