Mark Zuckerberg

Sobre

Mark Zuckerberg é um programador e empresário norte-americano nascido em 1984. Em 2004 fundou o Facebook juntamente com seus colegas de classe da Universidade Harvard. Em 2011, aos 27 anos de idade, seu patrimônio foi estimado em US$ 17,5 bilhões. Em sua vida estudantil, Zuckerberg ganhou prêmios em matérias como arte, matemática, física e astronomia, além de ter aprendido a ler e escrever francês, hebraico, latim e grego.

Artigos de Mark Zuckerberg

Twitter proíbe anúncios políticos e Facebook decide mantê-los

às 13h00 por

A eleição presidencial nos Estados Unidos ocorrerá apenas em novembro de 2020, mas as redes sociais já indicam como vão se posicionar. O Twitter, por exemplo, proibirá anúncios políticos de quem já está eleito, de quem só é candidato e de organizações. Facebook News terá notícias selecionadas por algoritmos e humanos WhatsApp, Facebook, Google e Twitter se unem a

Mark Zuckerberg critica China e TikTok por censura na internet

às 19h12 por

Mark Zuckerberg fez um discurso de 40 minutos nesta quinta-feira (17) na Universidade de Georgetown sobre a liberdade de expressão: o cofundador do Facebook disse que a China está construindo uma internet própria com valores bem diferentes dos EUA, e criticou a censura imposta pelo governo e seguida pelos apps locais. A rede social não atua no país, assim como o Instagram e o WhatsApp. Como ver uma linha do tempo do Facebook se fui bloqueado?

Project Voldemort: Snapchat monta dossiê com acusações graves contra Facebook

às 15h57 por

Não é novidade para ninguém que o Snapchat perdeu bastante mercado após a ascensão do Instagram. O que ninguém esperava é que a Snap fosse montar um dossiê que, no entendimento da empresa, reúne todas as táticas desleais adotadas pelo Facebook para acabar com o serviço. Não por acaso, o documento recebeu o nome de um conhecido vilão: Project Voldemort. Mark Zuckerberg diz que não venderá WhatsApp ou Instagram

Mark Zuckerberg diz que não venderá WhatsApp ou Instagram

às 18h24 por

Os problemas apresentados recentemente pelo Facebook levaram à uma proposta de dividir subsidiárias da empresa, como WhatsApp e Instagram. Mas, no que depender de Mark Zuckerberg, fundador da rede social, isso não acontecerá. Ferramenta criada por estudante ajuda a monitorar gastos de deputados

Facebook decide não excluir deepfake de Mark Zuckerberg no Instagram

às 11h30 por

Um vídeo postado recentemente no Instagram mostra Mark Zuckerberg fazendo uma declaração polêmica. Só que não é ele: trata-se, na verdade, de um deepfake muito bem produzido. Apesar disso, o Facebook assegura: o vídeo manipulado não será removido do Instagram. O que é deepfake e porque você deveria se preocupar com isso Como o Facebook identific

Acionistas do Facebook não conseguem tirar Zuckerberg do comando

às 15h54 por

Um grupo de acionistas do Facebook demonstrou insatisfação com os rumos tomados pela companhia. Na quinta-feira (30), enquanto ocorria uma reunião da empresa com investidores, eles se manifestaram favoráveis à saída de Mark Zuckerberg e a mudanças na estrutura da empresa, mas não tiveram garantias de que isso acontecerá. Facebook removeu mais de 2 bilhões de contas falsas só este ano

Facebook rebate cofundador e diz que não precisa ser dividido

às 12h58 por

Chris Hughes é cofundador do Facebook e, em um editorial recente, defendeu a divisão da companhia para evitar que Mark Zuckerberg continue tendo "poder descontrolado". O Facebook não demorou a responder: a empresa diz ser muito bem-sucedida para ser dividida. Tudo o que você precisa saber sobre o Facebook Dating Facebook vai desta

Facebook apaga posts importantes de Mark Zuckerberg e culpa "erros técnicos"

às 17h36 por

Diversos posts antigos de Mark Zuckerberg foram permanentemente apagados do Facebook, incluindo o anúncio da aquisição do Instagram em 2012 e todas as publicações de 2007 e 2008. A rede social diz que eles foram removidos "erroneamente devido a erros técnicos", e que não serão restaurados. Facebook tenta explicar como funciona o feed de notícias

Facebook confirma integração entre WhatsApp, Instagram e Messenger

às 15h30 por

Mark Zuckerberg recorreu à sua página no Facebook nesta quarta-feira (6) para tratar novamente dos planos da empresa para o futuro. Segundo ele, a companhia se tornará uma plataforma de mensagens e rede social "com foco em privacidade". O executivo afirmou que os serviços passarão a ser desenvolvidos com base em cinco pontos: interações privadas, criptografia, redução do tempo em que as publicações ficam disponíveis, proteção, ar

Carregar mais posts