Threads atingiu marca de 130 milhões de usuários ativos

Marca deixará Mark Zuckerberg mais confiante. Fundador da Meta acredita que Threads pode chegar a bilhão de usuários ativos em alguns anos

Felipe Freitas
Por
Mão segura celular. Nele está a marca do aplicativo Threads.
Threads, microblogging da Meta e rival do Twitter, apresenta crescimento de usuários (Imagem: Thássius Veloso/Tecnoblog)

A Meta revelou que o Threads atingiu a marca de 130 milhões de usuários ativos. A quantidade de usuários na rede social é um motivo de celebração para a empresa, já que o boom de inscritos no lançamento não se converteu em uma usabilidade constante. Para Mark Zuckerberg, dono da Meta, o Threads pode atingir um bilhão de usuários em alguns anos.

A quantidade de usuários ativos hoje é maior do que o número durante as primeiras semanas de lançamento. Na época, a rede social chegou a 100 milhões de contas em apenas 5 dias, batendo o recorde que era do ChatGPT. A curiosidade pelo aplicativo foi gigante, mas a falta de recursos fundamentais fez os usuários desistirem do Threads — porém esses 130 milhões não só o “volta o cão arrependido”.

Virada do Threads é combinação de fatores

Prints de aplicativo em que é possível ver postagens das pessoas e as reações dos leitores
Threads chegou em julho, mas parece que só crescimento vem nos últimos meses (Imagem: Divulgação/Meta e Vitor Pádua/Tecnoblog)

Podemos listar dois fatores como a razão pelo Threads recuperar o seu momento — a sua virada, tal qual o Rocky Balboa. Primeiro, a liberação de recursos importantes para um microblogging, como feed de seguindo, versão web e o repost com comentários (igual ao retuitar). Ainda falta melhorar alguns pontos da versão para desktop e um trending topics, mas isso deve chegar em breve.

Segundo, a chegada do Threads para os países membros da União Europeia no meio de dezembro. Aqui a análise é direta: a Meta lançou a sua rede social para um mercado com 448 milhões de habitantes. Isso permite que mais usuários conheçam a plataforma e passem a usar. Como ela corrigiu alguns problemas do lançamento, a tendência é perder menos usuários.

Paralelo a isso, a tendência do seu maior rival, o X/Twitter, é perda de usuários. De acordo com empresas de análises, a rede social de Elon Musk contabilizou 121 milhões de usuários ativos em outubro de 2023. Musk não revela números e nem é obrigado a isso, então não há como cravar se o Threads superou ou não o concorrente. No mesmo período, a rede social da Meta chegava a 100 milhões de usuários ativos — um ganho de 30 milhões no último trimestre de 2023.

Com informações: TechCrunch

Relacionados