Meta libera bônus de até US$ 5 mil para criadores publicarem no Threads

Threads vai pagar bônus para criadores e influencers que tiverem posts com alto desempenho. No momento, apenas contas dos EUA podem participar do programa

Felipe Freitas
Por
Prints de aplicativo em que é possível ver postagens das pessoas e as reações dos leitores
Criadores de conteúdos podem se inscrever em programa da Meta para receber bônus por publicações de grande alcance (Imagem: Divulgação/Meta e Vitor Pádua/Tecnoblog)

A Meta confirmou que liberou o programa de bônus para criadores de conteúdo no Threads. De acordo com imagens dos convites enviados para alguns criadores, a big tech promete pagar até US$ 5.000 (R$ 25.557) de bônus, dependendo da publicação e de fatores ainda não revelados. Para receber o pagamento, é necessário atingir mais de 10 mil visualizações em uma única publicação.

O programa de bônus para criadores começou a ser testado no início deste mês. Os posts elegíveis a monetização precisam seguir algumas regras, conforme explica a Meta na página de suporte do Instagram (sim, o Threads usa a mesma página de suporte do Instagram). Essas regras explicam que a publicação:

  • Não pode violar direitos autorais
  • Não pode violar as Políticas de Monetização de Conteúdo do Instagram
  • Não pode ser publi
  • Precisa ser de um idioma suportado pelo programa de bônus — o programa só está disponível nos Estados Unidos
  • Não pode ter marca d’água de outras redes sociais
  • O engajamento não pode ser fraudado — como uso de bots ou outros sistemas para aumentar as métricas.
  • Não pode ser excluída
  • Precisa de mais de 2.500 visualizações qualificadas — visualizações que vieram diretamente do app do Threads, não de incorporações ou sugeridas em outras redes da Meta. Isso visa incentivar o download do app e acesso ao site do Threads
  • Precisa incluir texto
Ícone do Threads na App Store do iPhone (Imagem: Thássius Veloso/Tecnoblog)
Programa de bônus para criadores visa aumentar base de usuários do Threads incentivam grandes nomes a publicarem na plataforma (Imagem: Thássius Veloso/Tecnoblog)

Programa tem objetivo de aumentar número de usuários ativos

A estratégia da Meta de ampliar o programa para mais criadores — e pagando mais — visa ampliar o número de usuários na plataforma. O Threads teve um começo acelerado, batendo recordes de inscrição de usuários, seguido de um período de estagnação e crescimento novamente (mas ainda longe do pico).

Na última semana, durante a apresentação de resultados da Meta, Mark Zuckerberg revelou que o Threads passou de 150 milhões de usuários ativos nos três primeiros meses do ano, 30 milhões a mais do desempenho no último trimestre de 2023 — e praticamente metade do que o X/Twitter tem. Parte desse crescimento pode estar ligado ao lançamento da rede social na União Europeia.

O programa de bônus para criadores é um instrumento fundamental para incentivar o crescimento de uma rede social. Afinal, essas plataformas precisam de criadores e influencers para serem atrativas para os usuários. Para os mais críticos, a medida pode ser um desespero para alavancar o Threads. Contudo, as outras redes da Meta e concorrentes já contam com programas desse tipo.

Dado a grande integração do Threads com o Instagram, é esperado que a Meta esteja enviando o convite do programa para os criadores e influencers da rede social de fotos. Postagens no Threads também aparecem no feed do Instagram, o que soa atrativo para os participantes, que podem ganhar mais visibilidade.

Com informações: TechCrunch (1 e 2), Meta, SocialMediaToday

Receba mais sobre Threads na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Freitas

Felipe Freitas

Repórter

Felipe Freitas é jornalista graduado pela UFSC, interessado em tecnologia e suas aplicações para um mundo melhor. Na cobertura tech desde 2021 e micreiro desde 1998, quando seu pai trouxe um PC para casa pela primeira vez. Passou pelo Adrenaline/Mundo Conectado. Participou da confecção de reviews de smartphones e outros aparelhos.

Canal Exclusivo

Relacionados