Meta está metida em nova polêmica, dessa vez pelo nome do Threads

Threads Ltd., empresa do Reino Unido, envia comunicado extrajudicial para que a Meta encerre o uso da marca Threads no país

Felipe Freitas
Por
Prints de aplicativo em que é possível ver postagens das pessoas e as reações dos leitores
Threads ameaça processar a Meta por causa do Threads (Imagem: Divulgação/Meta e Vitor Pádua/Tecnoblog)

A Meta pode se envolver em mais um processo por causa de nome de marca. Porém, dessa vez o motivo é a recém-lançada Threads — e não um Meta x Meta. Uma empresa de tecnologia do Reino Unido batizada de Threads deu o prazo de 30 dias para que Mark Zuckerberg interrompa o uso do nome. Do contrário, a Justiça britânica será acionada.

No ano passado, a Meta meteu um processo na Meta (dona do Facebook, Instagram, WhatsApp e agora Threads) pelo registro de marca nos Estados Unidos. Essa mudança de nome do ex-Facebook Inc. gerou algumas polêmicas e até os donos das contas @Meta e @metaverse no Instagram perderam suas contas — a segunda foi recuperada, enquanto a primeira virou o arroba oficial da empresa de Zuckerberg.

Threads Ltd. ameaça processar a dona do Threads

Página da Threads Ltd., empresa que quer que a Meta encerre o uso da marca Threads no Reino Unido (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
Página da Threads Ltd., empresa que quer que a Meta encerre o uso da marca Threads no Reino Unido (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

A Threads Ltd. enviou um comunicado extrajudicial para a Meta, dona e criadora da rede social Threads. Esse tipo de contato não tem nenhum efeito jurídico, apenas informa a outra parte que se a exigência não for atendida, o autor levará o caso para a justiça. A Meta tem 30 dias para resolver a situação antes que a Threads Ltd. abra um processo.

A empresa britânica, que fornece serviço de computação em nuvem, afirma que sua marca é registrada desde 2012 e é reconhecida por isso — no comunicado, o diretor informa que a empresa vale US$ 150 bilhões. A Threads Ltd. ainda conta no comunicado que a Meta fez uma oferta pelo domínio threads.app em abril de 2023, mas informou que o link não estava à venda. Após o lançamento da rede social Threads, a Meta removeu a página da Threads Ltd. no Facebook.

Marca Threads no Brasil não é da Meta

Aqui no Brasil, a marca Threads está registrada no Inpi sob propriedade da Learning Factory S.A., editora que produz material educacional de língua inglesa e fornece livros para uma grande rede de escolas.

No sistema do Inpi há o pedido de registro pela Meta. O pedido da empresa de Mark Zuckerberg está na etapa de oposição, na qual companhias que tenham uma marca similar podem contestar o registro. Será que depois de Apple x Gradiente, teremos Meta x Learning Factory?

Com informações: Engadget e Gizmodo

Relacionados