Zuckerberg critica Elon Musk e abandona luta de bilionários

CEO da Meta reclamou que concorrente não chega a um acordo e está apresentando diversos motivos para não lutar; Zuck agora seguirá seus planos no jiu-jitsu

Felipe Freitas
Por
• Atualizado há 9 meses
Dois homens se encarando
Duelo entre Elon Musk e Mark Zuckerberg pode não ficar somente no ambiente online (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

E aconteceu o esperado: a luta entre Mark Zuckerberg e Elon Musk não vai sair do papel. O dono da Meta usou o Threads, sua plataforma de microblogging, para criticar as diversas desculpas de Musk para atrasar o combate e informar que “seguirá em frente”, lutando contra quem leva o esporte a sério. Ele não especificou qual esporte, mas é mais provável que seja o jiu-jitsu e o MMA.

As desculpinhas citadas por Zuckerberg são as diversas declarações de Musk para adiar o combate. O dono do Twitter disse que primeiro teria de fazer uma cirurgia, para depois participar do encontro previsto para 26 de agosto. Depois, o principal nome da Tesla e da SpaceX disse que queria uma “luta-treino” no octógono montado na casa de Zuckerberg.

Na publicação, o fundador da Meta disse que, quando Musk estiver falando sério sobre a luta, o seu rival sabe como entrar em contato. Agora, Zuckerberg seguirá seu foco nas lutas de jiu-jitsu e, quem sabe, uma estreia no MMA amador.

Mark Zuckerberg critica Musk e diz que seguirá em frente, lutando contra quem realmente leva o esporte a sério, e cancela combate (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
Mark Zuckerberg critica Musk e diz que seguirá em frente, lutando contra quem realmente leva o esporte a sério, e cancela combate (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Conversa sobre a luta foi longe demais

Quem acompanha o Tecnoblog regularmente já estava sabendo que a luta não aconteceria. Elon Musk é, como também falamos meses atrás, uma pessoa incrível no sentido “cru” da palavra. Não dá para acreditar nas coisas que ele diz.

E, como dito lá em junho, o aceite do “Chief Twit” era uma de suas estratégias de se manter na mídia, continuar recebendo atenção dos grandes veículos. Em um momento, Musk disse que a luta aconteceria no Coliseu — algo que é impossível, visto que o local está passando por uma restauração e é patrimônio cultural da humanidade.

Coliseu está passando por restauração para ampliar plataforma do público, mas governo italiano descartou a ideia da luta no local (Imagem: Guy Percival/PublicDomainPhotos)
Coliseu está passando por restauração para ampliar plataforma do público, mas governo italiano descartou a ideia da luta no local (Imagem: Guy Percival/PublicDomainPhotos)

Na semana passada, Mark Zuckerberg puxou para si a responsabilidade sobre as informações da luta. No Threads, o empresário avisou que se o embate fosse finalmente marcado, ele seria o primeiro a falar. “Até lá, por favor, presumam que qualquer coisa que ele fala não foi acordada”, disse o CEO da Meta.

UFC de bilionários?

Quem mais perde com tudo isso é Dana White, CEO do UFC. Se você acha que Mark Zuckerberg e Elon Musk gostam da verdinha (notas de dólares), é porque você não conhece o presidente desta empresa — mas há méritos, já que ele sabe formar eventos épicos para lucrar.

White está (ou estava) assessorando os dois empresários para tirar o combate do papel. Seus planos envolviam usar o UFC para “sediar” a luta. A organização de MMA possui uma parceria com o Facebook e transmite algumas lutas preliminares na rede social. Porém, é óbvio que Musk não queria isso.

O cenário mais provável era que o Twitter e Facebook transmitiriam a luta — ainda que o primeiro tenha certos problemas de estabilidade para as transmissões ao vivo.

Receba mais sobre Elon Musk na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Freitas

Felipe Freitas

Repórter

Felipe Freitas é jornalista graduado pela UFSC, interessado em tecnologia e suas aplicações para um mundo melhor. Na cobertura tech desde 2021 e micreiro desde 1998, quando seu pai trouxe um PC para casa pela primeira vez. Passou pelo Adrenaline/Mundo Conectado. Participou da confecção de reviews de smartphones e outros aparelhos.

Relacionados