Desmanche do Samsung Galaxy Watch 3 revela facilidade em reparo

Smartwatch ganhou pontuação 7/10 na escala do iFixit, e se mantém à frente do Apple Watch Series 5

Ana Marques
Por
• Atualizado há 2 anos
galaxy watch 3 é desmontado pelo ifixit

Uma boa notícia para quem pretende comprar o novo smartwatch da Samsung: o Galaxy Watch 3 passou por testes de desmanche no iFixit e recebeu nota 7 (em uma escala de zero a 10) no quesito reparabilidade. Essa é a mesma marca feita pela geração anterior, lançada em 2018, e indica que, ao ter qualquer problema com componentes internos – como a bateria do relógio – não deverá ser tão difícil consertá-lo.

A avaliação fica apenas um ponto atrás da marca obtida pelos novos fones de ouvido totalmente sem fios da empresa, os Galaxy Buds Live, e além de facilitar a vida de técnicos especializados, deve ser um prato cheio para aqueles que têm experiência com desmonte de eletrônicos por conta própria. O dispositivo também fica à frente do Apple Watch Series 5, que marcou 6 pontos.

desmanche do samsung galaxy watch 3

De acordo com o iFixit, a maioria dos componentes do Galaxy Watch 3 é modular – o que indica que podem ser substituídos de forma relativamente fácil. É o caso do alto-falante, da placa-mãe e até da bateria, que pode ser removida facilmente, sem a necessidade de aplicação de calor (o que poderia ser perigoso, devido à natureza deste elemento).

Apesar de trazer novos recursos, o smartwatch é mais leve e mais fino do que o modelo da geração anterior. No entanto, os diversos sensores alocados na capa traseira do relógio e a tela fundida ao digitalizador de vidro podem acabar elevando os custos de reparo, já que exigem maior trabalho e cuidado.

O Galaxy Watch 3 foi apresentado pela Samsung no início de agosto e ainda não tem data de lançamento no Brasil. Entre as novidades, estão o novo medidor de saturação de oxigênio e o recurso de eletrocardiograma (ECG).

As especificações incluem tela de 1,4 polegadas, com resolução de 360 ​​× 360 pixels, além do processador Exynos 9110 Dual-core de 1,15 GHz, que trabalha em conjunto com 1 GB de memória RAM. O relógio tem certificação IP68 de resistência à água e à poeira, além de certificação militar (MIL-STD-810G) contra impactos.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Ana Marques

Ana Marques

Gerente de Conteúdo

Ana Marques é jornalista e cobre o universo de eletrônicos de consumo desde 2016. Já participou de eventos nacionais e internacionais da indústria de tecnologia a convite de empresas como Samsung, Motorola, LG e Xiaomi. Analisou celulares, tablets, fones de ouvido, notebooks e wearables, entre outros dispositivos. Ana entrou no Tecnoblog em 2020, como repórter, foi editora-assistente de Notícias e, em 2022, passou a integrar o time de estratégia do site, como Gerente de Conteúdo. Escreveu a coluna "Vida Digital" no site da revista Seleções (Reader's Digest). Trabalhou no TechTudo e no hub de conteúdo do Zoom/Buscapé.

Relacionados