Realme, concorrente da Xiaomi em celulares, chega ao Brasil

Primeiro smartphone da Realme deve ser lançado no Brasil em dezembro; marca tem planos de longo prazo no país

Emerson Alecrim
Por
• Atualizado há 5 meses
Realme 7 Pro (imagem original: Realme)
Realme 7 Pro (imagem original: Realme)

Fim dos rumores. Logo após ter um de seus smartphones homologados pela Anatel, a Realme anunciou, nesta segunda-feira (9), o início de suas operações oficiais no Brasil. A marca chinesa promete lançar smartphones premium e produtos AIoT no país.

Um dos primeiros produtos que a companhia deve lançar no mercado brasileiro é o Realme 7 Pro. Esse é o smartphone que passou recentemente por homologação na Anatel. O modelo é um intermediário com chip Snapdragon 720G, tela super AMOLED de 6,4 polegadas e três câmeras na traseira, a principal com sensor de 64 megapixels.

Podemos esperar por muitos outros lançamentos. Sky Li, fundador e CEO da Realme, dá a entender que a companhia chegou ao Brasil para ficar:

Teremos o Brasil como centro estratégico e porta de entrada para o mercado da América Latina. Chegamos ao país com uma estratégia de longo prazo para sermos os principais players do Brasil, fornecendo produtos de excelente performance, design, qualidade e preço.

Os primeiros dispositivos Realme lançados oficialmente no mercado brasileiro terão como base o 4G, mas a companhia explica que o plano é atualizar o seu portfolio de produtos no país para o 5G em um prazo de dois a três anos com linhas como Realme X e Realme V.

Além de celulares, a marca pretende lançar no Brasil produtos AIoT, isto é, dispositivos que combinam internet das coisas com inteligência artificial, como smart speakers e smartwatches.

Se você está ansioso pela estreia, saiba que ainda é preciso ter um pouco de paciência. A Realme ainda não revelou datas de lançamento de seus produtos no país, tampouco confirmou quais serão os primeiros dispositivos disponibilizados por aqui. Por ora, sabemos apenas que o anúncio oficial do primeiro produto no Brasil está previsto para dezembro.

Para quem está por fora do assunto, a Realme é uma marca chinesa de smartphones que surgiu em maio de 2018. A empresa já existia antes disso, mas como subsidiária da Oppo. O primeiro celular da marca como negócio independente foi o Realme 1, modelo lançado na mesma época.

Hoje, a marca é tida como uma das principais rivais da Xiaomi, principalmente na Índia.

Receba mais sobre Brasil na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Emerson Alecrim

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais e negócios. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Em 2022, foi reconhecido no Prêmio ESET de Segurança em Informação. Em 2023, foi reconhecido no Prêmio Especialistas, em eletroeletrônicos. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém o site Infowester.

Relacionados