Chrome vai mudar ícone de cadeado em sites com HTTPS para alertar usuários

Google anuncia mudanças no Chrome para aumentar a adoção do protocolo HTTPS; ícone de cadeado pode ser alterado outra vez

Bruno Gall De Blasi
Por
• Atualizado há 2 anos
Google Chrome (Imagem: Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog)
Google Chrome (Imagem: Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog)

Ao acessar um site, o Google Chrome mostra um pequeno cadeado na barra de endereços para dizer se a conexão é segura ou não. Mas o Google quer alterar o indicador para páginas com HTTPS mais uma vez: nesta quarta-feira (14), a companhia anunciou que vai testar a exibição de uma setinha clicável no lugar do ícone de cadeado. A mudança ainda não está disponível para todos os usuários do navegador.

A medida retoma uma velha discussão. Em 2018, o Google anunciou que iria parar de marcar sites com HTTPS como “seguros”. Na época, a companhia afirmou que “os usuários devem esperar que a web é segura por padrão, e eles serão avisados quando houver um problema”. Agora, três anos depois, outra mudança pode estar a caminho.

As explicações sobre a novidade foram dadas no blog do Chromium. A empresa diz que os usuários geralmente associam o cadeado a um site confiável, quando na verdade somente a conexão é segura. Em um estudo recente, ainda de acordo com o Google, apenas 11% dos participantes identificaram corretamente o significado do ícone.

“Para tentar reduzir essa confusão, o Chrome executará um experimento na versão 93 que substitui o cadeado na barra de endereço por um ponto de entrada mais neutro para as Informações da Página”, afirmaram. “Esperamos que este experimento melhore a descoberta de privacidade crítica e informações e controles de segurança fornecidos nas Informações da Página, como as permissões do site”.

Google Chrome vai experimentar outra forma para dizer se conexão com site é segura ou não (Imagem: Reprodução/Google)

Google Chrome vai experimentar outra forma para dizer se conexão com site é segura ou não (Imagem: Reprodução/Google)

Chrome quer mudar ícone para sites com HTTPS

O experimento será realizado no Google Chrome 93, que ainda está em desenvolvimento. No lugar do ícone de cadeado, o navegador vai mostrar uma setinha para baixo, que será responsável por apresentar as informações da página com um simples clique. É através dela que o usuário saberá se a conexão com o site é segura.

Isto, no entanto, não vai remover o aviso que aparece na barra de endereços quando a conexão não é segura. Eles explicam que, caso o site não use o protocolo HTTPS (ou seja, apenas HTTP), o usuário será alertado. O Google também se comprometeu em avisar com antecedência caso implemente a mudança no futuro.

Além do novo indicador, o Google quer implementar outras novidades para aumentar a adoção do HTTPS. É o caso do HTTPS-First Mode, que vai tentar atualizar todas as páginas com o protocolo a partir do Google Chrome 94. “As conexões HTTP ainda continuarão a ser suportadas”, afirmaram.

Com informações: Chromium (Blog) e The Verge

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Bruno Gall De Blasi

Bruno Gall De Blasi

Repórter

Bruno Gall De Blasi é jornalista e cobre tecnologia desde 2016. Sua paixão pelo assunto começou ainda na infância, quando descobriu "acidentalmente" que "FORMAT C:" apagava tudo. Antes de seguir carreira em comunicação, fez Ensino Médio Técnico em Mecatrônica com o sonho de virar engenheiro. Entrou para o Tecnoblog em 2020 e também escreveu para o TechTudo e iHelpBR.

Relacionados