Início / Notícias / Negócios /

Amazon aceita Pix: e-commerce enfim adota pagamento instantâneo no Brasil

Amazon é a mais nova na lista de varejistas que aceitam Pix como forma de pagamento; QR code precisa ser pago em 30 minutos após o pedido

Por

O Pix é um grande sucesso entre os brasileiros, e as lojas estão se mexendo para oferecer essa opção aos consumidores. A Amazon também entrou para este time: a varejista passou a aceitar o pagamento instantâneo nos últimos dias.

Amazon no Celular (Imagem Christian Wiediger/Unsplash)
Amazon no Celular (Imagem: Christian Wiediger/Unsplash)

Agora, ao fechar um pedido, o Pix aparece como alternativa a cartões de crédito (Visa, Mastercard, Elo ou American Express), boleto, cartões de débito (Visa e Elo de bancos selecionados) a vale-presente da Amazon.

Ao optar por ele, um QR code aparece após fechar o pedido, assim como um código do Pix Copia e Cola, mais útil para quem está fazendo a compra pelo celular.

Em nota, a companhia diz que a opção de pagamento por Pix está em testes com alguns usuários.

Os primeiros relatos da nova forma de pagamento começaram a surgir no Twitter na quinta-feira passada (16). O leitor LekyChan criou um tópico sobre o assunto na Comunidade do Tecnoblog.

Prazo curto e estorno mais fácil

O código tem vencimento de 30 minutos. Se o pagamento não for feito neste tempo, o pedido é automaticamente cancelado, e é necessário refazer a compra.

O Pix também facilita o estorno de pedidos cancelados ou devolvidos. Em sua página de ajuda, a Amazon promete devolver o valor um dia após receber de volta o produto enviado.

Estornos de cartão de crédito costumam demorar mais e podem cair só na fatura seguinte. No caso de pagamentos com boleto na Amazon, o valor pago é devolvido na conta da loja e pode ser usado em novas compras ou transferido para uma conta bancária.

A forma de pagamento, porém, tem limitações bem parecidas com o boleto. Não é possível comprar e-books com Pix, por exemplo. O pagamento instantâneo também não serve para compras com um clique, assinaturas como o Amazon Prime, compras recorrentes, produtos na pré-venda ou pedidos acima de R$ 10 mil.

Amazon demorou seis anos para oferecer boleto

Levar um pouco mais de tempo para aceitar formas de pagamento comuns no Brasil faz parte do histórico da Amazon. O boleto, por exemplo, só começou a ser oferecido oficialmente no começo de 2019, mais de seis anos depois da chegada da varejista ao País. Antes disso, só cartão de crédito.

Além da Amazon, o Pix é aceito em várias plataformas de e-commerce que atuam no mercado brasileiro: Americanas e Submarino, Mercado Livre, e até o AliExpress já trabalham com os pagamentos instantâneos.

Plataformas de delivery e transporte como Uber e iFood listam o Pix entre suas formas de pagamento.

Para quem não tem cartão de crédito, o Pix é uma alternativa mais rápida e prática do que o boleto. O pagamento é confirmado em menos tempo, o que agiliza a entrega.

Atualizado no dia 22/12 às 15h49 com mais informações sobre pagamento por Pix e reembolso de boleto na Amazon