Oi reduz preço da fibra de 1 Gb/s após planos mais baratos da Claro e TIM

Operadora ressuscita banda larga gigabit, mas preço ainda é caro; Oi Fibra remove telefone fixo dos pacotes principais de internet fixa

Lucas Braga
Por

O plano gigabit da Oi Fibra foi lançado em abril de 2021, mas não decolou muito: a operadora cobrava mensalidade com um valor alto e fora da realidade para a maioria dos brasileiros. Após Claro, TIM e operadoras regionais lançarem internet de 1 Gb/s com preço mais baixo, a Oi finalmente reduziu o valor do serviço.

Modem utilizado pela Oi Fibra (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)
Modem utilizado pela Oi Fibra (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

Quando a Oi Fibra de 1 Gb/s foi lançada, o preço mensal era de R$ 499,90 mensais para quem optasse pelo pagamento em débito automático — no boleto convencional o valor saltava para R$ 520. Nada barato: ficava mais barato ter três contratos de 400 Mb/s, por exemplo.

O tempo passou, e outras empresas lançaram seus pacotes de internet de 1 Gb/s com preço menor que o da Oi. Em dezembro de 2021, a tele passou a esconder o plano no seu site; interessados ainda conseguiam contratar a velocidade, mas apenas pelo atendimento telefônico.

Como ficaram os planos da Oi Fibra

Os preços abaixo se referem a cidade do Rio de Janeiro (DDD 21), e o portfólio varia conforme a localidade:

Velocidade de downloadVelocidade de uploadPreço mensal
200 Mb/s60 MbsR$ 99,90 no cartão de crédito ou débito automático
R$ 119,90 no boleto bancário
400 Mb/s200 Mb/sR$ 119,90 no cartão de crédito ou débito automático
R$ 139,90 no boleto bancário
500 Mb/s250 Mb/sR$ 129,90 no cartão de crédito ou débito automático
R$ 149,90 no boleto bancário
1 Gb/s500 Mb/sR$ 279,90 no cartão de crédito ou débito automático
R$ 299,90 no boleto bancário

Em algumas praças, como Belo Horizonte (MG) e São Paulo (SP), a Oi vende 400 Mb/s por um ano pelo mesmo preço de 200 Mb/s, enquanto a internet de 500 Mb/s tem o mesmo preço de 400 Mb/s.

Todos os planos da Oi Fibra incluem acesso ao Oi Play Básico, além do Oi Leitura, Oi Notícias, Oi Mundo e Negócios e Oi Esportes em Revistas. As opções de 400 Mb/s em diante dão o Oi Expert remoto, enquanto o pacote de 1 Gb/s possui o Oi Expert presencial.

A operadora não cobra taxa de instalação, mas os pacotes possuem fidelidade de um ano. Quem cancelar antes do período contratual deve pagar multa de R$ 540, com valor proporcional aos meses restantes.

Vale a pena contratar Oi Fibra de 1 Gb/s?

Em primeiro lugar, é necessário ponderar qual a necessidade de ter uma banda larga de 1 Gb/s. Esse tipo de plano faz sentido para quem usa muitos dispositivos de forma simultânea, como empresas e escritórios.

Para uso residencial, ter internet com velocidade gigabit não faz muita diferença na experiência de uso em comparação com um plano de 400 Mb/s, por exemplo. É muito raro que os servidores de conteúdo disponham de toda essa banda para uma única conexão.

Além disso, é preciso considerar os dispositivos a serem utilizados. Dificilmente é possível atingir velocidades próximas a 1 Gb/s via Wi-Fi. Ou seja: nada disso será proveitoso em smartphones ou tablets, apenas computadores.

Por fim, o preço de 1 Gb/s da Oi ainda é alto. Com a mensalidade de R$ 279,90, a Oi Fibra conseguiu atacar a Claro, que comercializa banda larga gigabit no valor de R$ 399,99 mensais. No entanto, outros provedores cobram menos por capacidade similar:

  • A TIM Live vende internet de 1 Gb/s de download e 500 Mb/s de upload pelo preço mensal de R$ 193,80. O serviço ainda inclui assinatura padrão da Netflix, Paramount+ e Deezer Premium;
  • Diversas operadoras regionais cobram preços melhores. A Unifique, por exemplo, tem fibra de 1 Gb/s de download e 250 Mb/s de upload por R$ 179,90 mensais — são R$ 100 a menos que na Oi Fibra.

Planos da Oi Fibra deixam de incluir telefone fixo

Outra novidade dessa última atualização nos planos da Oi é que os planos principais deixaram de incluir telefone fixo. No entanto, pouco mudou na prática — é confuso, mas eu explico:

Anteriormente, todos os pacotes da Oi Fibra incluíam fixo com ligações ilimitadas. A operadora vendia o serviço com preços “promocionais”: o pacote de 200 Mb/s, por exemplo, custava R$ 99,90 por um ano no débito automático; a partir do 13º mês, o valor aumentava para R$ 119,90 além do reajuste anual.

Agora, os planos principais da Oi Fibra não incluem telefone fixo, mas também não aumentam R$ 20 a partir do 13º mês — apenas possuem reajuste anual.

Quem quiser um plano de internet com telefone fixo ainda consegue contratar com as mesmas condições anteriores: o mesmo valor do pacote padrão, mas “promocional” por um ano e aumento de R$ 20 após o período. Nessa modalidade não é possível pagar com cartão de crédito, apenas boleto ou débito automático.

Plano da Oi Fibra com telefone fixo agora fica escondido no rodapé do site
Plano da Oi Fibra com telefone fixo agora fica escondido no rodapé do site (Imagem: Reprodução)

Com a mudança no foco do plano padrão da Oi Fibra, a operadora passou a desestimular a contratação de planos de internet com telefone. Quem optar por uma versão com fixo precisa encontrar o pacote certo, que fica bastante escondido no site.

Relacionados

Relacionados