Notícias Jogos

Apple negocia compra da EA, mas Amazon e Disney também estão na disputa

Fonte sugere que Electronic Arts tem interesse em uma venda ou fusão após a Microsoft adquirir a Activision no início de 2022

Ricardo Syozi
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Uma fonte afirma que a gigante EA (Electronic Arts) está em busca de um comprador ou de uma fusão. As três principais companhias interessadas na empreitada são Apple, Amazon e Disney. A informação surgiu na última sexta-feira (20). Com isso, a onda de aquisições gigantescas na indústria de games continuaria, fazendo com que os jogadores se empolguem ainda mais.

apple ea
Jogos de renome podem ir para uma nova casa (Imagem: Divulgação / EA)

Após o anúncio da compra da Activision pela Microsoft por U$ 68 bilhões, a ideia de encontrar um comprador ou empresa interessada em uma fusão surgiu nos escritórios da EA. Assim, três companhias importantes demonstraram interesse na empreitada: Apple, Amazon e Disney.

É o que indica o site de notícias Puck. Toda essa onda de aquisições de empresas de games animou investidores e, até mesmo, Andrew Wilson, o CEO da Electronic Arts. A intenção principal seria a de chegar a um acordo para uma fusão, pois dessa forma Wilson se manteria na cadeira mais alta da dona de Dead Space, Apex Legends e muitos outros jogos.

As negociações duraram várias semanas, segundo a notícia, mas acabaram não chegando a um consenso até o presente momento.

Por outro lado, John Reseburg, porta-voz da EA, afirmou que não haverá comentários sobre rumores ou especulações. Sendo assim, vale tratar tudo isso com aquele pé atrás até uma confirmação oficial.

Disney, Apple ou Amazon, qual estaria na frente?

Amazon Luna é novo rival do Stadia e xCloud em streaming de jogos (Imagem: divulgação/Amazon)
Amazon Luna é um serviço de streaming de jogos (Imagem: divulgação/Amazon)

Na mesma matéria do site Puck, a candidata ideal para os chefões da EA em uma possível fusão seria a Disney. Isso porque em março de 2022, ambas se aproximaram para tentar desenvolver um “relacionamento mais profundo”. Porém, nada de concreto saiu a partir daí.

A Amazon, por sua vez, tem o seu portfólio de games tanto em seu serviço Prime quanto o Luna. Sendo assim, faria sentido para a gigante aumentar o seu catálogo de desenvolvedoras e marcas.

Dessa forma, o mesmo pode ser dito da Apple. A sua plataforma de jogos, Apple Arcade, tem uma biblioteca interessante, mas que poderia se tornar ainda maior com adições de títulos exclusivos como Mass Effect e EA Sports FC (o antigo Fifa).

De qualquer forma, não há qualquer relato sobre valores ou acordos. Enquanto esperamos por novas informações, você pode lembrar das maiores aquisições do mercado de games.

O que você espera sobre uma venda da EA? Conta pra gente!

Ricardo Syozi

Ricardo Syozi é jornalista apaixonado por tecnologia e especializado em games atuais e retrôs. Já escreveu para veículos como Nintendo World, WarpZone, MSN Jogos, Editora Europa e VGDB. Possui ampla experiência na cobertura de eventos, entrevistas, análises e produção de conteúdos no geral. Entrou para o Tecnoblog em 2021.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque