Motorola Edge 30 Ultra pode ter câmera de 200 MP porque 108 MP já é pouco

Futuro celular da Motorola, Edge 30 Ultra aparece em vídeo vazado com Snapdragon 8+ Gen 1 e recarga (muito) rápida de 125 watts

Bruno Gall De Blasi
Por

Motorola lançou alguns celulares com câmera de 108 megapixels nos últimos tempos. Mas a fabricante quer ir além: o Motorola Edge 30 Ultra deve ser apresentado com câmera de 200 megapixels (!!!). É o que mostra um vídeo do celular revelado por Evan Blass, também conhecido como @evleaks, nesta sexta-feira (2).

Motorola X30 Pro (imagem) pode ser lançado globalmente como Motorola Edge 30 Ultra (Imagem: Divulgação/Motorola)
Motorola X30 Pro (imagem) pode ser lançado globalmente como Motorola Edge 30 Ultra (Imagem: Divulgação/Motorola)

Os detalhes do smartphone foram antecipados em um vídeo publicado no Twitter. O material de divulgação abre com o nome “Motorola Edge 30 Ultra”, seguido por algumas características principais do celular. Entre elas, está o visual bem similar ao Motorola X30 Pro, lançado na China em agosto, e a câmera de 200 megapixels.

O componente, sem dúvida, é um dos pontos mais chamativos do modelo. A começar pela lente enorme, que não esconde o sensor de alta resolução por trás do conjunto. O módulo ainda agrupa duas câmeras, que podem trazer lentes ultrawide e teleobjetiva, para macro ou capturar a profundidade de campo.

O sensor seria um grande passo aos modelos globais da marca. Isto porque a Motorola já lançou alguns celulares com câmera de 108 megapixels nos últimos tempos, como o Motorola Edge 20 Pro e o Moto G200. Enquanto isso, o Edge 30 e o Edge 30 Pro têm o sensor principal de 50 megapixels.

Os demais detalhes do conjunto fotográfico não foram revelados. Mas, se o smartphone for realmente o relançamento global do X30 Pro, espera-se que as demais tenham sensores de 50 MP (ultrawide) e 12 MP (teleobjetiva). A Motorola ainda pode trazer o Samsung Isocell HP1 na câmera principal, que se aproveita do pixel binning para tirar fotos de 12,5 MP com pixels de 2,56 μm.

O que é pixel binning?

Pixel binning é uma técnica que agrupa quatro pixels ou mais em um. A tecnologia consegue reuni-los para simular pixels maiores, o que ajuda a capturar imagens mais claras e com mais detalhes. Assim, uma câmera de 48 MP pode tirar fotos de 12 MP, por exemplo, com menos dificuldade em ambientes escuros ou à noite. 

Motorola Edge 30 Ultra deve trazer recarga de 125 W

O vídeo ainda dá outros detalhes que se assemelham ao X30 Pro. É o caso da tela pOLED com bordas reduzidas e laterais curvadas. A ficha técnica ainda tende a ser liderada pelo processador Snapdragon 8+ Gen 1, o chip mais poderoso da Qualcomm.

Mas os holofotes podem ser destinados à bateria. Segundo o material de divulgação vazado, o componente terá uma recarga rápida de 125 watts, que promete repôr toda a carga em 7 minutos (!!!). Também há um momento em que o vídeo fala sobre uma “bateria para o dia todo”, mas a capacidade da peça não foi revelada.

Outros detalhes giram em torno do Dolby Atmos. Também espera-se que o smartphone tenha tela de 144 Hz, assim como o X30 Pro. A ficha técnica do celular chinês ainda cita a RAM de até 12 GB, armazenamento de até 512 GB e a câmera frontal de 60 megapixels.

A data e o preço de lançamento, no entanto, ainda não foram revelados. 

Motorola Edge 30 Ultra foi homologado pela Anatel em agosto.

Motorola S30 Pro (foto) deve chegar ao público global como Edge 30 Fusion (Imagem: Divulgação/Motorola)
Motorola S30 Pro (foto) deve chegar ao público global como Edge 30 Fusion (Imagem: Divulgação/Motorola)

Motorola Edge 30 Fusion pode ter Snapdragon 888+ 5G

Evan Blass publicou outro vídeo na sequência. Trata-se do material de divulgação do Motorola Edge 30 Fusion, que pode ser a versão global do Motorola S30 Pro, também já disponível na China. Entre os destaques apontados no vazamento, estão o processador Snapdragon 888+ 5G e a recarga de 68 watts.

Outras apostas giram em torno do telefone. É o caso da câmera tripla de 50 megapixels e frontal de 32 megapixels. O telefone também pode chegar aos consumidores com tela de 144 Hz e Android 12 de fábrica.

As informações sobre o lançamento do smartphone também não foram reveladas.

Com informações: Evan Blass (Twitter)GSMArena e Gizmochina