Apple deixou sensor de temperatura e umidade do HomePod mini desativado por 2 anos

Recurso marcará presença na segunda geração do HomePod, mas a maçã já podia tê-lo ativado na versão Mini da caixa de som inteligente

Ricardo Syozi
Por

Com o anúncio da segunda geração do HomePod, a Apple destacou um recurso que parece inédito no gadget, mas que já estava presente no modelo mini: um sensor de temperatura e umidade. Contudo, essa característica estava desativada desde o lançamento do aparelho, só que agora a maçã decidiu que vai liberá-lo para os usuários. Mais de dois anos depois.

HomePod Mini e iPhone (Imagem: Apple)
HomePod Mini e iPhone (Imagem: Divulgação / Apple)

O HomePod Mini chegou às lojas em novembro de 2020. Poucos meses depois, o iFixit desmontou o smart speaker para ver seus componentes e estrutura a pedido do Bloomberg. Uma das descobertas foi um sensor de temperatura e umidade, que o Tecnoblog apontou que podia ser ativado pela Apple a qualquer momento.

Bom, esse momento chegou em 2023.

Assim que o anúncio da segunda geração do HomePod veio (bem do nada, se me permite), a companhia americana decidiu destacar o recurso e anunciar que ele também chegará ao Mini a partir de uma atualização. A página do produto já apresenta a novidade, mas vale lembrar que até então, nenhuma menção à ferramenta havia sido dita pela empresa.

Com a opção, o smart speaker da Apple ganha ainda mais cara de um app para uma casa inteligente. Além disso, a maçã afirmou que o aparelho vai ganhar suporte a reconhecimento por voz, uma característica bastante importante nesse tipo de tecnologia.

Até segunda ordem, não há mais nada escondido no HomePod Mini, entretanto, talvez precisemos aguardar mais dois anos para ter certeza.

Sensor de temperatura e umidade no HomePod Mini (Imagem: divulgação/iFixit)
Sensor de temperatura e umidade no HomePod Mini (Imagem: divulgação/iFixit)

Novo HomePod chega em fevereiro

A segunda geração da caixa de som inteligente da Apple tem o seu lançamento marcado para o dia 3 de fevereiro. O preço sugerido é de US$ 299 (cerca de R$ 1.520 em conversão direta), mas apenas nos Estados Unidos.

Alguns dos recursos inéditos para o sistema são o áudio espacial e o som ajustável. O gadget será integrado aos produtos da maçã, facilitando o uso diário para quem tem iPhone ou iPad, por exemplo. O HomePod será compatível com o Matter, uma opção a mais para quem se anima em ter uma casa totalmente conectada.

Uma das novidades que mais chamou a minha atenção é a capacidade de detectar alarme de fumaça ou monóxido de carbono para enviar uma notificação ao celular do usuário. Isso em conjunto com o sensor de temperatura e umidade faz uma combinação agradável para quem vive em climas tropicais.

Com informações: 9toMac.

Relacionados

Relacionados