84% das casas brasileiras têm acesso à internet, revela pesquisa

A TIC Domicílios 2023 aponta o crescimento do acesso nas classes C e DE, mas revela a exclusão digital nas periferias urbanas

Lupa Charleaux
Por
Saiba como descobrir o IMEI de um celular
Mais de 150 milhões de brasileiros acessam a internet (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

A TIC Domicílios 2023, pesquisa promovida pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), constatou que 84% dos lares brasileiros têm acesso à internet. Ou seja, equivalente a 64 milhões de casas. Após dois anos de estabilidade, o número significa um aumento de 4% comparado aos resultados de 2022.

Conforme os dados do estudo, isso está ligado ao crescimento significativo do acesso às redes em residências da classe C (de 87% em 2022 para 91% em 2023). As casas das classes DE também conquistaram mais acesso neste ano (de 60% para 67%).

Quadro com os domicílios com acesso à internet dividido por classes na pesquisa TIC Domicílios 2023
Quadro da pesquisa TIC Domicílios 2023 mostra a porcentagem dos domicílios com acesso à internet dividido por classes sociais (Imagem: Divulgação/CGI.br)

Apesar do crescimento, país sofre com a exclusão digital

A pesquisa TIC Domicílios 2023 também indica o crescimento da proporção de usuários de internet no Brasil. O estudo revela que 84% dos brasileiros acessaram a rede nos últimos três meses. Isso representa cerca de 156 milhões de cidadãos.

Conforme o relatório, o dado pode ser ampliado se considerar as pessoas que disseram não estarem conectadas no período, mas afirmaram usar apps que necessitam de conexão. Com a “correção”, o número chega a 164 milhões de usuários – ou 88% da população do país.

Entretanto, 29 milhões de brasileiros estão desconectados. Desta parcela, 24 milhões são moradores de áreas urbanas, 17 milhões declaram ser pretos ou pardos e 17 milhões fazem parte das classes DE.

O estudo reflete a exclusão digital que atinge as periferias urbanas do Brasil. Conforme vários serviços passam a ser disponibilizados parcial ou exclusivamente online, grande parte da população é excluída devido à falta de acesso à tecnologia.

Quadro com o perfil dos brasileiros que não usam de internet na pesquisa TIC Domicílios 2023
Quadro da pesquisa TIC Domicílios 2023 indica o perfil dos brasileiros que não usam de internet (Imagem: Divulgação/CGI.br)

Como os brasileiros acessam a internet em 2023

A TIC Domicílios 2023 ainda mostrou as formas mais usadas pelos brasileiros para acessar a internet. O celular é a plataforma usada por 99% das pessoas para se manterem conectadas, seguido pela televisão (58%) e computadores (42%).

O estudo revela que 58% dos cidadãos se conectam apenas pelo telefone. Sendo que o acesso exclusivo pelos dispositivos móveis é maior entre as mulheres (64%) do que homens (52%); e entre pretos (64%) e pardos (63%) do que entre brancos (49%).

Ainda com o foco no uso de celular, 60% dos brasileiros possuem plano pré-pago e 36% adotam plano pós-pago. Entre as pessoas da classe A, 97% usam tanto Wi-Fi quanto rede móvel. Já nas classes DE, 36% usam internet exclusivamente via Wi-Fi e 11% acessam apenas pela rede móvel.

“Neste ano, voltamos a observar um aumento de conectividade no país. Mas a TIC Domicílios também mostra que a qualidade desse acesso ainda é desigual entre a população, o que restringe o desenvolvimento de habilidades digitais e fruição plena dos benefícios que a internet tem a oferecer”, aponta Alexandre Barbosa, gerente do Cetic.br| NIC.br.

Com informações: CGI.br

Relacionados