Este pode ser o primeiro tablet do Google rodando Chrome OS

Tablet, assim como os smartphones Pixel, será feito pelo próprio Google em parceria com alguma fabricante famosa

André Fogaça
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses

O Google tem um evento marcado para o dia 9 de outubro, onde pode mostrar os novos smartphones da linha Pixel e até mesmo seu primeiro tablet que roda o sistema operacional que está nos Chromebooks, o Chrome OS. Com o suposto nome de Nocturne, o tablet deve incluir o leitor de impressões digitais na lateral do corpo e duas portas USB-C.

A informação sobre o produto foi encontrada pelo site AboutChromebooks, em dados sobre um teclado externo da empresa Brydge e que pode funcionar com o dispositivo que ainda não foi lançado. Segundo vazamentos que foram descobertos dentro do próprio Chrome OS, este tablet será equipado com duas portas USB-C (uma delas pode ser vista na imagem acima, na lateral direita do gadget) e a resolução de tela é de 2400 x 1600 pixels.

A conexão com o teclado não deve ser feita por uma destas portas USB e nem mesmo por Bluetooth, mas sim pelo padrão de porta chamada de pogo pin e que é utilizado por empresas como a Apple no teclado do iPad Pro e também pela Samsung em seus aparelhos de tela realmente grande.

A imagem também confirma o que alguns boatos garantem, que é a existência de mais de um microfone para que o ruído externo seja minimamente cancelado durante chamadas de vídeo, por exemplo. A dupla está no topo, junto do leitor de impressões digitais.

Mais novidades devem aparecer no mês que vem, ou na próxima leva de vazamentos e rumores que deve aparecer em breve.

Com informações: EngadgetAboutChromebooks.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
André Fogaça

André Fogaça

Ex-autor

André Fogaça é jornalista e escreve sobre tecnologia há mais de uma década. Cobriu grandes eventos nacionais e internacionais neste período, como CES, Computex, MWC e WWDC. Foi autor no Tecnoblog entre 2018 e 2021, e editor do Meio Bit, além de colecionar passagens por outros veículos especializados.

Canal Exclusivo

Relacionados