A Apple disparou um e-mail para seus clientes avisando que será necessário adicionar um número de CPF ou CNPJ para realizar compras na App Store.

Ao tentar adquirir um app no seu iPhone ou iPad, você receberá uma notificação para inserir o CPF ou CNPJ (no caso de pessoa jurídica). “O objetivo disso é garantir um processamento rápido e seguro de todas as transações”, diz a Apple.

Caso você esteja no Compartilhamento Familiar — onde até seis pessoas podem compartilhar compras na App Store, iTunes e iBooks — o organizador do plano terá que colocar o CPF ou CNPJ nas informações de pagamento.

E, como nota o MacMagazine, alguns usuários estão conseguindo adicionar cartões de débito às informações de conta na App Store. A cobrança seria feita em reais. Isso não foi mencionado no e-mail aos clientes.

No entanto, talvez você se depare com uma mensagem de erro ao cadastrar seu cartão de débito. É que isso normalmente depende de uma parceria com bancos específicos: por exemplo, você pode pagar corridas do Uber no débito sem maquininha, desde que seja cliente do Banco do Brasil (Visa), Bradesco (Visa), Santander (Mastercard) e Banco Inter (Mastercard).

Vale lembrar que, este ano, a Apple passou a aceitar cartão de crédito nacional na App Store e no iTunes; você paga o valor equivalente em reais.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Ventura

Felipe Ventura

Ex-editor

Felipe Ventura fez graduação em Economia pela FEA-USP, e trabalha com jornalismo desde 2009. No Tecnoblog, atuou entre 2017 e 2023 como editor de notícias, ajudando a cobrir os principais fatos de tecnologia. Sua paixão pela comunicação começou em um estágio na editora Axel Springer na Alemanha. Foi repórter e editor-assistente no Gizmodo Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados