Apple Watch fica sem oxímetro nos EUA para não violar patente

Medida foi tomada para tentar driblar novo banimento de vendas de Apple Watch no país. Desativação não afetará relógios já vendidos

Felipe Freitas
Por
Recurso de oxigenação do sangue no Apple Watch
Recurso de oxigenação do sangue no Apple Watch (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

A Apple tentará resolver a disputa de patentes com a Masimo desativando o sensor de oxigênio dos Apple Watches Series 9 e Watch Ultra 2 — a medida só vale para os EUA. A big tech enviou para a CBP, o órgão alfandegário dos Estados Unidos, um documento explicando que essa foi a solução encontrada para não violar a patente da Masimo. A CBP aprovou a decisão, mas isso não significa que a Apple está livre do processo.

Para resolver o bloqueio das vendas nos Estados Unidos, a empresa da maçã tenta criar um oxímetro de tecnologia própria, que não esbarre na patente da Masimo. Não se sabe desde quando a Apple está trabalhando nisso, mas a solução apresentada para a CBP indica que, até o momento, o sensor Made in Cupertino não saiu — o pelo menos ainda não há uma solução que não viole os direitos da Masimo.

Apple Watch Series 9 e Ultra 2 sem oxímetro

Com a CBP aprovando a solução apresentada pela Apple, a fabricante deverá esconder a funcionalidade nos anúncios dos smartwatches. Como a Apple ainda não entregou um posicionamento oficial sobre o caso, não há informações sobre as próximas etapas da venda do produto.

Apple segue anunciando oxímetro no Apple Watch Series 9 (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
Apple segue anunciando oxímetro no Apple Watch Series 9 (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

No entanto, enquanto essa notícia era escrita, o site da empresa seguia divulgando nos Estados Unidos que o Apple Watch Series 9 e o Watch Ultra 2 possuem sensor de oxigênio no sangue, também chamado de oxímetro.

Além de seguir na busca pelo seu próprio oxímetro, a Apple seguirá na disputa judicial contra a Masimo. A corte de apelação dos Estados Unidos ainda votará se a suspensão das vendas deve ser retomada enquanto o processo não for encerrado. A Apple reverteu na corte a suspensão no fim de 2023, mas aguardava a aprovação da CBP sobre as mudanças realizadas nos relógios inteligentes.

Com informações: 9to5Mac

Receba mais sobre Apple na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Freitas

Felipe Freitas

Repórter

Felipe Freitas é jornalista graduado pela UFSC, interessado em tecnologia e suas aplicações para um mundo melhor. Na cobertura tech desde 2021 e micreiro desde 1998, quando seu pai trouxe um PC para casa pela primeira vez. Passou pelo Adrenaline/Mundo Conectado. Participou da confecção de reviews de smartphones e outros aparelhos.

Canal Exclusivo

Relacionados