Apple M3 Pro tem algumas especificações inferiores ao M1 Pro e ao M2 Pro

Largura de banda de memória e número de núcleos dedicados a alto desempenho diminuíram em relação às gerações anteriores

Giovanni Santa Rosa
Por
Nova linha Apple M3 é composta por três variantes (Imagem: Reprodução/Apple)
Nova linha Apple M3 é composta por três variantes (Imagem: Reprodução/Apple)

A Apple anunciou na noite de segunda-feira (30) sua nova família de chips próprios, a M3, que inclui as versões M3 Pro e M3 Max. Os três modelos equipam diferentes modelos do MacBook Pro. Um olhar mais atento às especificações, no entanto, levanta algumas dúvidas. O M3 Pro parece pior que os modelos equivalentes das gerações M2 e M1.

Como observou o MacRumors, o M3 Pro tem largura de banda de memória 25% menor que a do M1 Pro e do M2 Pro. Enquanto a geração mais recente oferece 150 GB/s, as duas anteriores chegavam a 200 GB/s.

Não é só isso. A Apple mudou a divisão de núcleos do modelo mais caro, de 12 cores. Agora, são seis dedicados a alto desempenho e seis dedicados a eficiência energética. Nos modelos M1 Pro e M2 Pro, as quantidades eram de oito e quatro, respectivamente.

A GPU também tem um núcleo a menos que nas gerações anteriores — o número diminuiu de 19 para 18.

Especificações não são tudo

Apesar de os números serem inferiores, isso não necessariamente significa que o desempenho é pior. A família M3 é a primeira da Apple para computadores a ser fabricada usando a litografia de 3 nm.

Isso significa que os transistores são menores, permitindo quantidades maiores em um mesmo espaço, o que melhora a velocidade e a eficiência energética.

Sobre a divisão dos núcleos, a Apple diz que os cores de eficiência do M3 são até 50% mais rápidos que os da família M1 e até 30% mais rápidos que os da família M2.

Entre os cores de alto desempenho, a evolução foi mais tímida: até 30% mais rápidos que o M1 e até 15% mais rápidos que o M2.

Além disso, os novos chips contam com a tecnologia Dynamic Caching, que promete melhorar o uso de memória por diferentes tarefas.

Mesmo assim, algumas pessoas notaram um fato curioso sobre a apresentação. A Apple comparou o M3 com o M1 e até com os antigos chips da Intel muitas vezes, “esquecendo” o M2.

No Brasil, o M3 Pro estará em MacBooks Pro de 14 polegadas, a partir de R$ 22.999, e em MacBooks Pro de 16 polegadas, a partir de R$ 28.999. A Apple diz que eles chegam às lojas em breve.

Com informações: MacRumors

Relacionados