Autoridades pedem que Apple e Google cancelem eventos e viagens

Sim, é mais um esforço de autoridades americanas para combater o avanço do coronavírus

Emerson Alecrim
Por
• Atualizado há 1 ano e 7 meses
Tim Cook na WWDC 2019 (Foto: Paulo Higa)
Tim Cook na WWDC 2019 (Foto: Paulo Higa)

Autoridades do condado de Santa Clara, na Califórnia, fizeram um apelo às companhias baseadas na região, como Apple e Google: cancelar ou adiar a realização de eventos com grande concentração de pessoas e evitar que seus funcionários façam viagens. O motivo o mundo todo já conhece: combater o avanço do coronavírus (Covid-19).

Não é que as companhias já não estejam seguindo esses cuidados. O problema é que, atualmente, cerca de 20 casos de contaminação por coronavírus foram identificados na região e, por isso, as autoridades locais decidiram formalizar uma série de recomendações para evitar o agravamento do problema.

O condado de Santa Clara inclui Cupertino, Mountain View, Palo Alto e Los Gatos. Essas áreas servem de sede, respectivamente, para Apple, Google, Tesla e Netflix, por exemplo. Empresas que têm escritórios na região, como Amazon, Facebook e Microsoft, também são afetadas.

As autoridades pedem ainda que as companhias minimizem ao máximo o número de pessoas trabalhando simultaneamente no mesmo ambiente e, nesse sentido, estimulem o home office. Para pessoas mais vulneráveis ao coronavírus (como indivíduos com doenças crônicas), a recomendação é a de deixá-las trabalhar de casa, tanto quanto possível.

Para as empresas da região, as recomendações estão sendo executadas há algumas semanas, de uma forma ou outra. O cancelamento de eventos é o exemplo mais nítido dos esforços de prevenção.

Conferências anuais renomadas, como MWC 2020 e GDC 2020 foram canceladas por conta da desistência de empresas participantes. Eventos próprios, como Cloud Next (Google) e MVP Global Summit (Microsoft), foram suspensos e transformados em apresentações online.

A disseminação do coronavírus também levou o Google a cancelar outro evento, este mais importante: o Google I/O 2020, que seria realizado em maio, foi igualmente convertido em transmissão pela internet.

Com informações: The Verge.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Emerson Alecrim

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais e negócios. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Em 2022, foi reconhecido no Prêmio ESET de Segurança em Informação. Em 2023, foi reconhecido no Prêmio Especialistas, em eletroeletrônicos. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém o site Infowester.

Canal Exclusivo

Relacionados