ChatGPT lança API para empresas que querem colocar IA em seus apps

Ao preço de US$ 0,002 por 1 mil tokens, API do ChatGPT coloca chatbot em aplicativos de compras, supermercado, quiz e rede social

Giovanni Santa Rosa
Por
• Atualizado há 9 meses
ChatGPT (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)
ChatGPT (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Se você não aguenta mais ouvir falar em ChatGPT, prepare-se, porque está só começando — ele pode estar no seu app favorito em breve. A OpenAI, desenvolvedora da ferramenta, anunciou nesta quarta-feira (1º) uma API para outras empresas integrarem a inteligência artificial que conversa a seus produtos.

A ideia é que apps que não são de conversas possam usar os poderes do ChatGPT para entender pedidos e dar respostas. Entre os primeiros clientes, estão Snap (do Snapchat), Quizlet, Instacart e Shopify.

O Instacart, por exemplo, é um app de delivery de itens de mercado. Com o ChatGPT integrado, será possível perguntar coisas como “Como posso fazer um almoço saudável para meus filhos?”.

O app, então, traz sugestões de ingredientes que atendem a esses critérios, sem precisar clicar em filtros ou acessar listas pré-determinadas.

Já o Shopify vai usar a inteligência artificial como um assistente pessoal para recomendações de compras.

OpenAI procura como ganhar dinheiro

A API é baseada no GPT-3.5-turbo, versão mais responsiva e otimizada do GPT 3.5, sobre o qual o ChatGPT é construído.

O serviço, obviamente, será cobrado. A API do ChatGPT vai custar US$ 0,002 por 1 mil tokens, o que dá 750 palavras, segundo o TechCrunch.

A OpenAI nasceu como uma iniciativa sem fins lucrativos, mas, em 2019, criou uma subsidiária que pode ter lucros limitados, como forma de atrair investidores. Por isso, ela está procurando formas de ganhar dinheiro.

Uma delas é o ChatGPT Plus. Lançado em fevereiro de 2023, ele custa US$ 20 por mês. A assinatura oferece acesso à ferramenta mesmo durante períodos em que ela fica indisponível por excesso de uso, além de tempos de resposta mais rápidos e acesso prioritário a novos recursos e ferramentas.

Criadora do ChatGPT lança ferramenta de transcrição

A API do ChatGPT não é a única iniciativa da OpenAI voltada à monetização. A empresa também anunciou nesta quarta-feira (1º) a Whisper API, que usa inteligência artificial para transcrever e traduzir áudios. Ela cobra US$ 0,006 por minuto de áudio.

O serviço foi treinado com mais de 680 mil horas de gravações multilíngue coletadas da web. Assim, ela conseguiu melhorar o reconhecimento de palavras mesmo com sotaques, barulho e jargões técnicas.

A Whisper API, porém, pode “alucinar” da mesma forma que o ChatGPT e colocar no texto informações que não são verdadeiras.

A OpenAI adverte que a inteligência artificial pode inserir na transcrição palavras que não foram ditas. Isso provavelmente acontece por conflitos entre as tentativas de prever qual é a próxima palavra do texto e de identificar o que está sendo dito no áudio.

Com informações: TechCrunch 1, 2.

Receba mais sobre API na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa

Repórter

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Relacionados