Facebook já recebe mais verba publicitária do governo federal que os grandes jornais

Em relação a 2013, verba repassada para publicidade na rede social cresceu 118% no ano passado

Jean Prado
Por
• Atualizado há 1 semana
Facebook

A principal fonte receita do Facebook é a publicidade, e o governo brasileiro oferece uma boa contribuição aos relatórios financeiros da rede social. Segundo o UOL, em 2014, a União desembolsou pouco mais de R$ 24 milhões em publicidade oficial para o Facebook. Com esse valor, a rede social ultrapassa inclusive empresas de mídia tradicionais, como o Grupo Folha (R$ 14 milhões), a revista Veja (R$ 19 milhões) e o jornal O Globo (R$ 21 milhões).

Desde 2010, quando a governo federal começou a anunciar no Facebook, o valor vem crescendo quase exponencialmente. No primeiro ano, o Banco do Brasil bancou quase todo o investimento, que foi de R$ 8.167. Em 2012, o valor já era de R$ 4,8 milhões. O valor repassado ao Facebook em 2014 chega a ser maior que o dobro do montante acumulado desde 2010, de R$ 41,1 milhões.

Esta é a tabela dos gastos da União com publicidade:

facebook-verba-publicitaria

A receita obtida pelo Facebook ultrapassa, de longe, Google e YouTube, que receberam R$ 12,9 milhões desde 2005. Em 2009, o gasto com a empresa de Mountain View havia sido de R$ 2,7 milhões, mas passou para apenas R$ 851 em 2011 (não, eu não esqueci a unidade). Ao menos o valor ínfimo de quatro anos atrás é maior do que o repassado ao Twitter — que nunca recebeu nada da União.

Apesar dos números parecerem exorbitantes, os gastos do governo com publicidade em 2014 foram de R$ 2,3 bilhões, valor 5,7% menor que o desembolsado em 2013.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Jean Prado

Jean Prado

Ex-autor

Jean Prado é jornalista de tecnologia e conta com certificados nas áreas de Ciência de Dados, Python e Ciências Políticas. É especialista em análise e visualização de dados, e foi autor do Tecnoblog entre 2015 e 2018. Atualmente integra a equipe do Greenpeace Brasil.

Relacionados