O Galaxy S8 está resistindo bem aos testes de tortura

Paulo Higa
Por
• Atualizado há 1 mês

Testes de resistência de smartphones se multiplicam no YouTube sempre que um aparelho caro é lançado. O Galaxy S8, com essa tela que domina a parte frontal e se curva nas laterais, não parece que consegue aguentar muito tempo sendo torturado — mas até que ele está lidando bem com quedas, entortamentos, objetos pontiagudos, microrretíficas e até isqueiros.

Nos testes do JerryRigEverything, foi complicado arranhar os vidros da tela e da traseira do Galaxy S8, que são protegidos com Gorilla Glass 5. Os primeiros riscos apareceram com uma ponta na escala 6 de Mohs, ou seja, você precisaria de um objeto de liga de aço ou algo mais duro para estragar o vidro.

Não há proteção contra riscos no anel em volta da câmera traseira e no leitor de impressões digitais — ainda assim, o sensor biométrico foi capaz ler um dedo mesmo estando bastante arranhado; o dano parece ser apenas estético. As bordas de metal também são sensíveis, podendo ser riscadas com um estilete (a boa notícia é que elas não entortam facilmente).

A tela do Galaxy S8 também se saiu relativamente bem diante de um isqueiro em chamas. Há uma explicação para essa “prova”: a maioria das telas LCD é capaz de se recuperar em alguns segundos de um pequeno incêndio (se duvida, faça o teste aí), mas os painéis AMOLED costumam ficar permanentemente com uma mancha branca no local da chama. Isso acontece com o Galaxy S8, mas JerryRigEverything precisou de três tentativas de 30 segundos cada para manchar o painel, o que é uma boa marca.

Como já mostramos, a bateria do Galaxy S8 não pega fogo mesmo após ser perfurada com uma microrretífica: o componente chega a soltar fumaça, inchar e soltar um fluido, mas não entra em chamas, como aconteceria em uma bateria comum. Parece que a Samsung realmente prestou atenção na segurança desta vez. E, nos testes de queda contra o iPhone 7, o Galaxy S8 ficou bem arranhado, mas o vidro da tela não trincou, diferente do que ocorreu com o smartphone da Apple.

Não recomendamos que você tente tudo isso em casa.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Paulo Higa

Paulo Higa

Ex-editor executivo

Paulo Higa é jornalista com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. No Tecnoblog, atuou como editor-executivo e head de operações entre 2012 e 2023. Viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. Foi coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados