Explore a superfície de Marte no seu navegador com este projeto do Google

Felipe Ventura
Por
• Atualizado há 1 mês

O rover Curiosity vem explorando Marte há cinco anos, usando suas diversas câmeras para fotografar a superfície e procurar evidências de vida. Ele capturou tantas imagens que cientistas do Laboratório de Propulsão a Jato, da NASA, conseguiram criar um modelo 3D do planeta vermelho.

Agora, graças a um projeto do Google — chamado Access Mars — você pode explorar esse modelo 3D usando seu navegador web no computador ou smartphone.

Não tem muito segredo: basta ir em g.co/accessmars, clicar em Enter e sair clicando (ou tocando) para navegar. Há alguns pinos 3D com explicações adicionais em inglês, e também um mapa para você alternar entre diferentes pontos de interesse, como o local em que o Curiosity desceu em Marte.

A NASA explica que, graças a duas câmeras lado a lado no rover, foi possível reconstruir o terreno do planeta em 3D. No entanto, algumas áreas estão em preto e branco, porque o Curiosity usou apenas sua câmera de navegação para capturá-las.

Eu testei o Access Mars no desktop em diversos navegadores e, por algum motivo, o desempenho é melhor no Chrome que no Firefox, Opera e Microsoft Edge — mas ele funciona em todos.

No entanto, eu recomendo que você experimente o Access Mars no smartphone: é mais fácil explorar Marte porque você pode navegar movendo o dispositivo, ou usando o dedo. Além disso, ele tem suporte a headsets de realidade virtual. Na verdade, o Google está usando aqui a tecnologia WebVR, que não exige plugins adicionais.

Com informações: Google, SlashGear.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Ventura

Felipe Ventura

Ex-editor

Felipe Ventura fez graduação em Economia pela FEA-USP, e trabalha com jornalismo desde 2009. No Tecnoblog, atuou entre 2017 e 2023 como editor de notícias, ajudando a cobrir os principais fatos de tecnologia. Sua paixão pela comunicação começou em um estágio na editora Axel Springer na Alemanha. Foi repórter e editor-assistente no Gizmodo Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados