Google vai testar função antirroubo do Android no Brasil; veja como se inscrever

Celulares Android vão usar IA para identificar roubo e bloquear a tela; recurso chega primeiro no Brasil e piloto já está com inscrições abertas

Ana Marques
Por
• Atualizado há 2 dias
Google anuncia recursos antirroubo com projeto piloto no Brasil
Google lança recursos antirroubo durante Google for Brasil 2024 (Imagem: Ana Marques/Tecnoblog)

(Direto de São Paulo) O Google confirmou a chegada de recursos de segurança inéditos para celulares Android no Brasil nesta terça (11). O país será pioneiro nos testes de novas funções antirroubo, incluindo um mecanismo que detecta quando um celular é roubado automaticamente.

Quem quiser participar do piloto do projeto terá que se inscrever por meio de um formulário, e receberá uma notificação assim que os reforços de segurança estiverem disponíveis, em julho deste ano.

Segundo o Google, usuários de Android 10 ou versões posteriores poderão usar as funções até o final de 2024.

Detecção de Roubo bloqueia tela do celular usando IA

Um recurso muito bem-vindo para quem mora nos grandes centros, mas que também pode fazer a diferença em cidades menores, é a detecção de roubo.

Ao identificar movimentos abruptos que podem indicar que o dispositivo foi tomado das mãos do dono, o Android rapidamente faz o bloqueio de tela para impedir que terceiros tenham acesso aos dados contidos no aparelho.

Google escolhe Brasil para ser pioneiro no uso de tecnologia antirroubo para Android
Google escolhe Brasil para ser pioneiro no uso de tecnologia antirroubo para Android (Imagem: Divulgação/Google)

Outras duas funções disponíveis para Android são:

  • Bloqueio Rápido Remoto: facilita o bloqueio do celular via Encontre Meu Dispositivo, dispensando a senha da conta Google e exigindo apenas o número do chip para realizar o procedimento.
  • Bloqueio de Dispositivo Offline: bloqueia a tela do smartphone ao identificar situações pouco comuns, como a permanência em locais não frequentados por muito tempo, a retirada do cartão SIM ou falta de conexão com a internet por mais tempo do que o comum, de acordo com o perfil do usuário.

Google reforça parceria com Celular Seguro

Google for Brasil convida Manoel Carlos de Almeida Neto para reforçar parceria com projeto Celular Seguro
Google for Brasil convida Manoel Carlos de Almeida Neto para reforçar parceria com projeto Celular Seguro (Imagem: Ana Marques/Tecnoblog)

Além de abrir as inscrições para o programa piloto da função antirroubo, o Google for Brasil 2024 recebeu Manoel Carlos de Almeida Neto, Secretário-Executivo da Justiça e Segurança Pública do Brasil, para reforçar a parceria da empresa com o projeto Celular Seguro, do Governo Federal.

A plataforma surgiu com o propósito de facilitar a comunicação com bancos, instituições financeiras e operadoras em casos de roubo de smartphone, evitando que informações sensíveis caiam nas mãos de criminosos.

“São [ferramentas] complementares. Quando a gente fala de segurança, a gente fala de várias camadas para evitar que aquela ação indesejada se perpetue”, explica Bruno Diniz, engenheiro de software e líder para Android no Brasil.

Até o momento, o Google não tem nenhuma integração técnica com o sistema do governo, mas segundo Fabrício Ferracioli, gerente técnico de parcerias e engenharia de Android, a colaboração já permitiu que a empresa conseguisse avançar em pesquisas e formular soluções de acordo com os dados sobre ocorrências de roubos e furtos registradas.

Ana Marques viajou para São Paulo a convite do Google.

Receba mais sobre Android na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Ana Marques

Ana Marques

Gerente de Conteúdo

Ana Marques é jornalista e cobre o universo de eletrônicos de consumo desde 2016. Já participou de eventos nacionais e internacionais da indústria de tecnologia a convite de empresas como Samsung, Motorola, LG e Xiaomi. Analisou celulares, tablets, fones de ouvido, notebooks e wearables, entre outros dispositivos. Ana entrou no Tecnoblog em 2020, como repórter, foi editora-assistente de Notícias e, em 2022, passou a integrar o time de estratégia do site, como Gerente de Conteúdo. Escreveu a coluna "Vida Digital" no site da revista Seleções (Reader's Digest). Trabalhou no TechTudo e no hub de conteúdo do Zoom/Buscapé.

Canal Exclusivo

Relacionados