Huawei cancela anúncio de notebook devido às sanções dos EUA

Novo laptop MateBook seria anunciado nesta semana, mas Huawei não pôde negociar com Microsoft

Emerson Alecrim
Por
• Atualizado há 1 ano e 7 meses
Huawei MateBook X Pro

O bloqueio comercial imposto pelo governo dos Estados Unidos à Huawei vem, aos poucos, gerando consequências. Uma delas foi confirmada nesta semana: a companhia adiou o lançamento de um notebook com Windows por estar impedida de negociar com a Microsoft.

Há tempos que a Huawei vem sofrendo restrições por parte do governo americano, mas a situação se agravou em abril, quando a companhia foi colocada em uma lista de organizações que ameaçam a segurança dos Estados Unidos.

Empresas americanas não podem fazer negócio com as organizações que estão na lista. Foi isso o que impediu a Huawei de negociar fornecimento de software com a Microsoft para o novo notebook. Aparentemente, a restrição também impossibilitou a companhia de encomendar processadores Intel para equipar o portátil.

Por conta disso, a Huawei decidiu anular o anúncio do laptop. A ficha técnica não foi revelada, mas sabe-se que o modelo iria fazer parte da linha MateBook e seria apresentado na CES Asia. A decisão foi confirmada à CBNC por Richard Yu, líder da divisão de consumo da Huawei.

Yu classificou a situação como infeliz e, quando questionado se a companhia planeja uma nova data para anunciar o equipamento, disse que tudo vai depender do tempo que a restrição à Huawei durar. Na sequência, o executivo disse que, se a empresa ficar muito tempo na lista, o laptop não poderá ser lançado.

A situação só não é mais grave porque laptops não estão entre os principais produtos da Huawei. Por outro lado, a restrição pode frustrar os planos da companhia de se tornar uma das maiores fabricantes de PCs do mundo.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Emerson Alecrim

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais e negócios. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Em 2022, foi reconhecido no Prêmio ESET de Segurança em Informação. Em 2023, foi reconhecido no Prêmio Especialistas, em eletroeletrônicos. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém o site Infowester.

Canal Exclusivo

Relacionados