Instagram libera autenticação por dois fatores sem SMS para mais usuários

Instagram permite usar apps de terceiros, como Authy ou Google Authenticator, para autenticação em duas etapas

Felipe Ventura
Por
• Atualizado há 2 anos e 6 meses

O Instagram anunciou em agosto que seria possível usar apps de terceiros, como o Authy ou Google Authenticator, para a autenticação em duas etapas. Esta é uma alternativa mais segura que o SMS. O recurso já estava disponível para algumas pessoas, e foi liberado nesta segunda-feira (9) para mais usuários no Android e iPhone.

Funciona assim: abra o Instagram, toque em sua imagem de perfil e siga o caminho Menu ≡ > Configurações > Autenticação de dois fatores. Toque em Começar na tela de boas-vindas, e escolha a opção Aplicativo de autenticação.

No meu caso, eu já tinha o Google Authenticator instalado, então ele foi aberto automaticamente. Quem não tiver um app gerador de códigos será levado para a App Store ou Google Play. Então, você terá um código gerado localmente — sem depender de SMS — para fazer login.

Você também receberá códigos de recuperação. É importante guardá-los em um lugar seguro: esta será a única forma de fazer login caso seu celular seja perdido, ou caso você apague o app gerador de códigos.

Contas do Instagram com 2FA por SMS foram invadidas

A autenticação por dois fatores ajuda a proteger sua conta: para fazer login, você precisa inserir a senha e um código de seis dígitos. No entanto, isso não evitava invasões no Instagram: uma conta foi hackeada mesmo com o recurso de segurança habilitado. O e-mail foi alterado para um domínio russo, e a autenticação de dois fatores foi desativada.

Em julho, algumas contas do Instagram foram invadidas e ligadas a e-mails russos para promover sites adultos. O Instagram prometeu, então, adicionar novas formas para a autenticação em dois fatores.

O novo recurso apareceu para mim no Instagram 65 para Android, e também deu as caras na versão 66 beta, segundo o Android Police. Ele já está disponível para você?

Com informações: Android Police.

Relacionados