Medidores de pressão equipados com Bluetooth são homologados na Anatel

G-Tech Smart Connect tem modelos para pulso (GP480BT) e braço (LA850BT) que sincronizam com app de celular via Bluetooth

Felipe Ventura
Por
• Atualizado há 6 meses
Medidor de pressão G-Tech LA850BT com Bluetooth (Imagem: Reprodução / Anatel)
Medidor de pressão G-Tech LA850BT com Bluetooth (Imagem: Reprodução / Anatel)

36 milhões de adultos brasileiros têm hipertensão, de acordo com a Socesp (Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo). A pressão alta é fator de risco para doenças do coração e requer aferições regulares. Os medidores GP480BT e LA850BT, que devem ser lançados como G-Tech Smart Connect, foram homologados pela Anatel para venda no Brasil – e ambos têm Bluetooth para se conectar ao celular.

Alguns medidores de glicemia têm Bluetooth

Antes de detalhar os medidores de pressão, queria dar um pouco de contexto. Minha mãe tem hipertensão e diabetes, mas o medidor de pressão dela acabou ficando em outra cidade, enquanto o aparelho de glicemia foi abandonado pela fabricante – ou seja, não há como comprar tiras de teste para aferir o “açúcar no sangue”.

Isso não era um problema porque minha mãe costumava fazer o acompanhamento nas visitas regulares aos médicos. Com a pandemia, tudo mudou. Em julho, ela foi internada com a pressão em torno de 20/10; o ideal é que isso não ultrapasse 13/8.

A hipertensão é um mal silencioso, que costuma exibir sintomas só quando a situação está grave. Para evitar que isso acontecesse de novo, eu pesquisei por aparelhos para medir a pressão e glicemia em casa.

Eu fiquei impressionado com um monitor de glicemia equipado com Bluetooth: o Accu-Chek Guide custa praticamente o mesmo que os concorrentes, mas sincroniza os dados com um app de celular de forma automática. Dessa forma, eu consigo acompanhar as medidas mesmo estando em outra cidade.

Com o medidor de pressão, foi diferente. Até encontrei um modelo com Bluetooth – o HEM-9200T da Omron – mas ele custava o triplo que uma versão semelhante sem conectividade (HEM-7122), que acabei comprando.

G-Tech Smart Connect se conecta ao celular via Bluetooth

Medidor de pressão G-Tech GP480BT com Bluetooth (Imagem: Reprodução / Anatel)

Medidor de pressão G-Tech GP480BT com Bluetooth (Imagem: Reprodução / Anatel)

Aí entram os aparelhos de pressão homologados pela Anatel, que devem ser comercializados sob o nome G-Tech Smart Connect. O GP480BT é um medidor de pulso que exige duas pilhas AAA; enquanto isso, o LA850BT vem com braçadeira e precisa de quatro pilhas AAA – ele também funciona via USB.

O manual do usuário mostra que ambos os modelos têm basicamente a mesma interface: uma tela monocromática que exibe a pressão sistólica e diastólica, a frequência cardíaca, o nível de bateria, a média das três últimas medições e o ícone de Bluetooth.

A conectividade Bluetooth é ativada por padrão (podendo ser desligada) e serve para sincronizar automaticamente o resultado de cada medição com o smartphone. Isso exige a instalação do aplicativo G-Tech, que já está disponível para Android e iPhone; no entanto, ele atualmente funciona só com monitores de glicemia compatíveis.

GP480BT é usado no pulso (Imagem: Reprodução / Anatel)

GP480BT é usado no pulso (Imagem: Reprodução / Anatel)

O GP480BT e LA850BT foram homologados em dezembro de 2020, mas parecem ainda não estar à venda no Brasil. A certificação da Anatel foi emitida a pedido da Accumed, responsável pela marca G-Tech; eles são fabricados pela chinesa Living Science.

Acredito que o GP480BT, por ser um medidor de pulso, deve ser mais acessível. Até mesmo o LA850BT com braçadeira poderia chegar a um preço aceitável: o concorrente Omron HEM-9200T era vendido por R$ 699, mas recebeu desconto e baixou para R$ 299.

LA850BT faz medições a partir do braço (Imagem: Reprodução / Anatel)

LA850BT faz medições a partir do braço (Imagem: Reprodução / Anatel)

Colaborou: Everton Favretto.

Relacionados