saúde

Artigos de saúde

Como funciona um oxímetro?

às 15h42 por

O uso de um oxímetro pode ajudar a monitorar o agravamento de uma contaminação pelo novo coronavírus — ele é, inclusive, usado pelos médicos. O aparelho calcula o nível de oxigênio no sangue e pode sinalizar se os sintomas pioraram, situação em que se deve procurar um hospital para frear os efeitos do COVID-19; saiba como funciona. Como se formou o nome COVID-19?

A história por trás da máscara N95

às 13h20 por

Diante da pandemia do novo coronavírus, a máscara N95 tem sido recomendada pelo Centers of Disease Control and Prevention (CDC) como um dos principais equipamentos para evitar a disseminação da COVID-19. O equipamento realiza uma filtragem do ar e garante que os microrganismos causadores de doenças não afetem profissionais da área médica e de outras atividades que também tem contato com os doentes.

Como se formou o nome COVID-19?

às 18h30 por

COVID-19 é o nome oficial, dado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), à doença respiratória aguda, algumas vezes grave, causada pelo novo coronavírus sars-CoV-2. COVID quer dizer, em inglês, Corona Virus Disease (Doença do Coronavírus, em tradução livre). Já a numeração “19” representa 2019, ano no qual os primeiros casos, em humanos, foram diagnosticados em Wuhan, na China, o epicentro da pandemia.

O que é um respirador mecânico hospitalar?

às 12h50 por

O respirador (ou ventilador) mecânico hospitalar é uma máquina que ajuda na entrada e saída de ar dos pulmões. O aparelho pode ser usado em casos de insuficiência respiratória — distúrbio no qual a concentração de oxigênio, no sangue, fica baixa e o nível de dióxido de carbono (CO2) fica alto. Certamente, você ouviu falar dele como peça-chave no tratamento da COVID-19, causada pelo novo coronavírus. O que signific

Qual a diferença entre a máscara N95 comum e a com válvula?

às 16h51 por

A máscara N95 é um equipamento de segurança individual (EPI). A peça, por si só, é um filtro que retém contaminantes presentes no ar. Ou seja, impede que causadores de doenças atravessem a camada protetora e infectem as vias respiratórias de quem usa. O que significam as siglas das máscaras: N95, PFF1, PFF2 e PFF3 Como treinar Face ID do iP

O que é telemedicina?

às 19h13 por

Ainda que não seja uma novidade, muitos ainda não sabem o que é telemedicina e como ela pode facilitar o acesso à saúde. Contudo, com o isolamento social proposto contra a pandemia do novo coronavírus, essa modalidade despontou como alternativa para que os pacientes sejam atendidos mesmo sem contato direto com os médicos. Câmara aprova projeto que libera telemed

O que significam as siglas das máscaras: N95, PFF1, PFF2 e PFF3

às 18h04 por

As siglas das máscaras – N95, PFF1, PFF2 e PFF3 – indicam o nível de eficiência do seu filtro respiratório, em reter contaminantes presentes no ar, na forma de gotículas e aerossóis. A peça semifacial filtrante (PFF) é um equipamento de proteção individual (EPI), que cobre as vias respiratórias (nariz e boca), defendendo-as de possível contágio. Como treinar Face ID do iPhone a reconhecer rosto de máscara

Estudo não encontra conexão forte entre radiação de celulares e câncer

às 17h46 por

Em 1999, o órgão americano FDA (equivalente à Anvisa) solicitou estudos sobre os potenciais efeitos da radiação emitida pelos celulares. Na época, ainda sabíamos pouco se esses dispositivos poderiam afetar a saúde humana. O NTP (Programa Nacional de Toxicologia) divulgou seus resultados preliminares este mês. Celulares causam câncer? "Vimos efeitos positivos e n

A pergunta “celulares causam câncer?” volta à tona

às 16h41 por

Afinal, os celulares causam câncer ou não? A velha pergunta está de volta, depois que o Departamento de Saúde Pública da Califórnia emitiu diretrizes oficiais para reduzir a exposição à energia de radiofrequência liberada pelo aparelho. Como lembra o Ars Technica, três grandes estudos epidemiológicos, envolvendo dezenas de milhares de usuários de celulares em 13 países, não encontraram nenhuma ligação entre o uso do apare

465 mil marca-passos precisam atualizar firmware porque podem ser hackeados

às 15h00 por

Nós precisamos conviver com o fato de que os dispositivos à nossa volta — como laptops, smartphones e smart TVs — têm falhas de segurança. No entanto, essa ameaça é mais perturbadora quando se trata de marca-passos instalados no coração; infelizmente, eles são relativamente fáceis de hackear. O órgão americano FDA (equivalente à Anvisa) fez um recall voluntário dos marca-passos da Abbott, antes da St. Jude Medical. Eles precisam receber uma atua

Carregar mais posts