Queixas na Black Friday 2020 crescem 45%, segundo Reclame Aqui

Desde quarta-feira (25), Reclame Aqui registrou média de 115 reclamações por hora relacionadas à Black Friday 2020

Victor Hugo Silva
Por
• Atualizado há 3 semanas
Cancelamento de compras só é válido em alguns casos (Imagem: Rupixem,com / Unsplash)
Cancelamento de compras só é válido em alguns casos (Imagem: Rupixem,com / Unsplash)

O número de reclamações relacionadas à Black Friday 2020 cresceu 45% na comparação com o mesmo período do ano passado. Entre as 12h de quarta-feira (25) e as 6h desta sexta-feira (27), foram 4.850 queixas. O número está relacionado apenas aos registros no Reclame Aqui e apontam para uma média de 115 reclamações por hora.

Segundo o Reclame Aqui, os consumidores fizeram poucas queixas na madrugada, que, em edições anteriores, era um horário com mais demanda. Um levantamento realizado anteriormente pelo site apontou que 30% dos clientes entrevistados planejavam fazer compras a partir das 18h de quinta-feira.

Para a Black Friday 2020, o Reclame Aqui lançou uma ferramenta para ajudar clientes a compararem preços, fretes e reputação das lojas que estão anunciando ofertas. O Confie Aqui, como foi chamado, indica que há ofertas reais, mas nem todas têm reduções muito expressivas nos preços. Em média, as promoções oferecem 20% de desconto.

Vigia de Preço apontou alta antes da Black Friday

A suspeita de consumidores a respeito de uma alta de preços antes da Black Friday foi comprovada pelo Vigia de Preço. Como já se tornou tradição, algumas lojas aumentam os preços dias antes e anunciam uma suposta redução na sexta-feira.

O site apontou que, há alguns dias, lojas como Americanas, Magazine Luiza e Ricardo Eletro aumentaram os preços de vários produtos. A alta também foi percebida em lojas de marcas como Asus, JBL e Multilaser. Para te ajudar a tomar as melhor decisões, o Tecnoblog criou uma lista com as melhores ofertas da Black Friday 2020.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Victor Hugo Silva

Victor Hugo Silva

Ex-autor

Victor Hugo Silva é formado em jornalismo, mas começou sua carreira em tecnologia como desenvolvedor front-end, fazendo programação de sites institucionais. Neste escopo, adquiriu conhecimento em HTML, CSS, PHP e MySQL. Como repórter, tem passagem pelo iG e pelo G1, o portal de notícias da Globo. No Tecnoblog, foi autor, escrevendo sobre eletrônicos, redes sociais e negócios, entre 2018 e 2021.

Canal Exclusivo

Relacionados