Apple troca Bing por Google como buscador na Siri e no Spotlight

Paulo Higa
Por
• Atualizado há 1 mês
Siri

Nos últimos quatro anos, o Bing tem sido o buscador da assistente pessoal Siri no iOS e da ferramenta Spotlight no macOS. Isso acaba de mudar: a Apple substituiu o motor da Microsoft pelo do Google.

O Google já era o buscador padrão no Safari, então faz sentido que outros softwares da Apple também adotem a tecnologia do pessoal de Mountain View. De fato, essa é a resposta oficial da empresa de Tim Cook para o motivo da mudança: criar uma “experiência mais consistente de busca na web”, como informa o TechCrunch.

E o que está por trás disso? A Apple não comenta detalhes do acordo, mas um rumor de agosto indica que o Google está pagando US$ 3 bilhões por ano para se manter como buscador padrão no iOS.

A decisão afeta as buscas pela Siri (“hey Siri, pesquise por alguma coisa”) e o Spotlight, tanto para resultados da web quanto vídeos. No entanto, o Bing ainda será acionado em pesquisas por imagens. E, como de costume na Apple, todas as buscas continuarão sendo criptografadas e anonimizadas — exceto se você acessar diretamente os resultados na página do Google.

A mudança vale para o mundo inteiro e está sendo distribuída gradativamente para todos os usuários.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Paulo Higa

Paulo Higa

Ex-editor executivo

Paulo Higa é jornalista com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. No Tecnoblog, atuou como editor-executivo e head de operações entre 2012 e 2023. Viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. Foi coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados